GESTÃO E CARREIRA

‘ROTINA DE IR PARA O ESCRITÓRIO E ESTAR COM PESSOAS SE QUEBROU’

Especialista em cultura organizacional afirma que a pandemia mudou a visão sobre trabalho

A executiva Carolyn Taylor trabalha com mudança de cultura nas organizações há 30 anos. Ao longo desse tempo, atuou com empresas americanas, europeias e brasileiras, tendo participado de cerca de 200 jornadas de transformação. Para ela, pessoas em posição de liderança são responsáveis não só pelo próprio comportamento, mas também pelo das equipes, com valores adequados e bem definidos. Presidente da Walking The Talk, consultoria focada na transformação cultural das organizações, recentemente adquirida pela ZRG Partners, a executiva conta que a maior parte do trabalho que faz é mostrar aos líderes quais são as etapas nesse processo, como se modela e incentiva a cultura em outras pessoas.

No começo do mês, Carolyn esteve no Brasil para o lançamento da segunda edição de seu livro Walking The Talk: A cultura através do exemplo, e concedeu entrevista exclusiva.

QUAIS SUAS IMPRESSÕES SOBRE O QUIET QUITTING?

A pandemia foi um gatilho para isso. Ela nos forçou a fazer coisas que não imaginávamos ser possível. Descobrimos que podíamos trabalhar de casa, fazer chamada no Zoom e ter vendas. Uma das crenças que tínhamos era de que temos de trabalhar muito duro e entramos em um ritmo de vida em que não questionamos por que estamos cansados, apenas seguimos. Agora, como resultado disso, as pessoas estão começando a realmente considerar o que querem fora do trabalho e, para mim, a razão pela qual a cultura se torna importante é porque a rotina de eu simplesmente ir para o mesmo escritório todos os dias, estar com as mesmas pessoas, se quebrou. Agora, me pergunto: por que estou fazendo isto? Qual é o meu propósito? Qual é o legado que quero deixar? Uma das coisas que os empregadores precisam fazer é trabalhar mais para ajudar (o funcionário) a cumprir seu propósito.

A WALKING THE TALK FALA DOS VALORES DE COLABORAÇÃO, CUIDADO, CORAGEM E EMPODERAMENTO. COMO AS EMPRESAS E OS LÍDERES PODEM GUIAR OS FUNCIONÁRIOS NESSE CAMINHO?

Antes de tudo, as empresas precisam declarar explicitamente o que é importante, o que pensam dos valores. As boas empresas não apenas definem que essas coisas são importantes, como esperam que seus líderes encorajem esses comportamentos nos outros e mostrem esses valores eles mesmos. O papel da liderança não é só entregar resultados financeiros, é tudo que envolve moldar uma cultura e um ambiente em que se espera que as pessoas cuidem umas das outras e colaborem umas com as outras. Muitos líderes subestimam a capacidade que têm de moldar o comportamento de outras pessoas.

COMO?

Para muitos líderes, reconhecer que são responsáveis não só pelo próprio comportamento, mas também pelo comportamento de outras pessoas é uma novidade. Você precisa conhecer o comportamento que está buscando e também o que não está buscando, porque, quando algo acontecer, você incentiva o bom comportamento ou não tolera os comportamentos que não quer.

COSTUMAMOS FALAR SOBRE LIDERAR PELO EXEMPLO. COMO FAZER ISSO NO TRABALHO REMOTO OU HÍBRIDO, EM QUE NÃO NOS VEMOS COM FREQUÊNCIA?

Você precisa ter mais conversas proativas com o time para entender como eles estão pensando, o que estão fazendo e entregando. Os padrões que você define para os líderes que você contrata, do ponto de vista do comportamento, é algo que, no passado, talvez fosse menos prioritário para o recrutamento e agora isso está mudando. O que estamos fazendo juntos é começar a pensar em como avaliar o comportamento das pessoas, como entrevistar as pessoas sobre comportamento, como mostrar às pessoas, mesmo na fase de recrutamento, que o comportamento importa.

A IMPORTÂNCIA DA CULTURA ORGANIZACIONAL É BEM COMPREENDIDA ATUALMENTE?

A cultura é uma disciplina de gestão, e isso só se tornou reconhecido nos últimos dez anos. Em parte, por causa de alguns dramas com reputação, falta de ética, problemas de segurança. Agora, quase todos os conselhos, diretores e executivos reconhecem que devem fazer algo pela cultura. A dificuldade é que a maioria não necessariamente experimentou como gerenciar e transformar uma cultura, porque é um processo que leva vários anos e, por definição, só vem se tornando um tema de interesse há dez anos.

QUAIS SÃO OS DESAFIOS NA GESTÃO DE UMA TRANSFORMAÇÃO CULTURAL?

Parte da dificuldade é poder definir claramente o que é cultura, o que está tentando gerenciar, quais são as alavancas que tem a sua disposição e como realmente as executa. Uma empresa gasta muito tempo definindo a cultura que deseja, mas tende a ser menos clara sobre o que fazer, como executar. Diretores, gerentes e líderes moldam a cultura todos os dias, só estão inconscientes disso.

HÁ RESISTÊNCIA POR PARTE DE LÍDERES OU FUNCIONÁRIOS?

Uma resistência vem das pessoas que ficam nervosas por não conseguir mudar. Se não sei o que fazer, direi que é uma coisa estúpida de se fazer de qualquer maneira, mas, na verdade, o que estou dizendo é que estou preocupada. Talvez 10% ou 20% das pessoas não sejam capazes de mudar, mas muitas pessoas podem mudar se lhes derem incentivo e passos tangíveis que possam seguir. O papel do líder é 90% encorajar, 10% não tolerar certos comportamentos e muito sobre esclarecer, tornando concreto o que quer executar.

Publicidade

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Uma consideração sobre “GESTÃO E CARREIRA”

Os comentários estão encerrados.

Blog O Cristão Pentecostal

"Tão certo como eu vivo, diz o Senhor Deus, não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho e viva. Convertam-se! Convertam-se dos seus maus caminhos!" Ezequiel 33:11b

Agayana

Tek ve Yek

Envision Eden

When We Improve Ourselves, We Improve The World

4000 Wu Otto

Drink the fuel!

Ms. C. Loves

If music be the food of love, play on✨

troca de óleo automotivo do mané

Venda e prestação de serviço automotivo

darkblack78

Siyah neden gökkuşağında olmak istesin ki gece tamamıyla ona aittken 💫

Babysitting all right

Serviço babysitting todos os dias, também serviços com outras componentes educacionais complementares em diversas disciplinas.

M.A aka Hellion's BookNook

Interviews, reviews, marketing for writers and artists across the globe

Gaveta de notas

Guardando idéias, pensamentos e opiniões...

Isabela Lima Escreve.

Reflexões sobre psicoterapia e sobre a vida!

Roopkathaa

high on stories

La otra luna de Picasso

El arte es la esencia de la espiritualidad humana.

%d blogueiros gostam disto: