ESTAR BEM

USO DA MELATONINA FOI APROVADO; CONHEÇA SEUS EFEITOS

Conhecida como hormônio do sono, ela teve permissão da Anvisa para ser vendida como suplemento alimentar, mas antes de ingeri-la é preciso entender seus benefícios e seus possíveis impactos no organismo

A melatonina, conhecida como hormônio do sono, foi aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para ser utilizada na composição de suplementos alimentares no Brasil. Até meados de outubro, quando a agência publicou a notícia, a substância só podia ser vendida em farmácias de manipulação e com receita médica por falta de evidências científicas que comprovassem sua eficácia – muitas pessoas tomam a versão sintética do hormônio para ajudar a dormir.

Suplementos com melatonina deverão ser consumidos apenas por pessoas com 19 anos de idade ou mais e na quantidade máxima de 0,21 mg por dia, próxima da dose fisiológica (produzida naturalmente no corpo humano). Há contraindicação para gestantes, lactantes e crianças. A dosagem foi definida a partir de um estudo da Anvisa que avaliou como outros países comercializam a substância.

Enquanto nos EUA a melatonina é vendida apenas como complemento alimentar, nove países classificam a versão sintética do hormônio como medicamento. Entre eles Argentina, Austrália, Canadá, Chile, Japão e Reino Unido. Já em países como Alemanha, Itália, França e Bélgica, a substância pode ser considerada como suplemento alimentar ou medicamento, dependendo da dosagem (de 0,3 a 2 mg).

Por aqui, especialistas acreditam que a venda da melatonina como suplemento pode aumentar a confusão sobre como ela atua no corpo. “O problema de vender sem receita dá a sensação de que é suplemento, que pode ser consumido a qualquer momento e por qualquer pessoa, e na verdade é um hormônio”, diz o endocrinologista Bruno Halpern, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo (SBE \­ SP). “As pessoas acham que consumir tudo o que parece fazer bem é um estilo de vida favorável. Mas é preciso ter cuidado”, diz a neurologista Dalva Poyares, pesquisadora do Instituto do Sono e professora da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

HORMÔNIO DO SONO? NÃO.

Embora tenha fama a partir desse título, a melatonina não é exatamente o hormônio do sono. Ela ajuda, sim, a preparar o corpo para dormir, já que começa a circular no organismo quando anoitece. “Mas ela não é um indutor do sono; é a mensageira dele, responsável por deixar a gente com aquela sonolência”, explica Poyares.

Enquanto dormimos, a melatonina tem a função de sinalizar a cada órgão que é hora de trabalhar, mas não só: o hormônio também regula o ciclo circadiano (nosso relógio biológico), desde o funcionamento físico e químico ao psíquico. Durante a madrugada, por exemplo, o fígado aumenta a produção de glicose, enquanto a liberação de insulina pelo pâncreas diminui.  “Por isso, não é bom comer nesse período”, diz Halpern.

POP, MAS CONTROVERSAS

Ao longo dos últimos anos, a melatonina se tornou a alternativa mais cobiçada para melhorar o sono nos Estados Unidos, onde é vendida como suplemento alimentar em farmácias e supermercados – alguns países da Europa seguem o mesmo modelo. Se em 2012 os norte-americanos gastaram em média US$ 259 milhões com o hormônio, em 2018 foram US$ 425 milhões, de acordo com o Nutrition Business Journal. Porém, mesmo com a alta demanda, não há estudos comprovando que a ingestão da substância funciona.

Há também indícios de que a melatonina ajudaria a melhorar a imunidade e o estresse oxidativo das células a partir de estudos em ratos, mas a ciência não tem comprovação dos benefícios em humanos.

TELAS EM EXCESSO PIORAM LIBERAÇÃO DA MELOTONINA

O hormônio é liberado pela glândula pineal, no cérebro, conforme escurece. Por isso, quanto mais exposição às telas, mais atrasada fica essa produção. O ideal é que todas as informações luminosas diminuam de duas a três horas antes do sono, principalmente no caso de crianças. “Uma dica é apostar em iluminação indireta e mais amarelada”, sugere Poyares.

Evite também as lâmpadas de led, que emitem mais luz azul (a mesma das telas de computadores e smartphones) e são mais prejudiciais ao sono de qualidade. Segundo pesquisadores da Universidade Harvard, nos EUA, esse tipo de luz suprime duas vezes mais a melatonina, assim como desregula o ritmo circadiano na mesma medida depois de uma exposição de 6h30.

Até aquela luzinha estática que permanece acesa quando desligamos a televisão inibe a secreção do hormônio. O ideal é manter o ambiente o mais escuro possível à noite.

SEMPRE NO MESMO HORÁRIO

Por ser um hormônio que serve para sincronizar o ritmo biológico, a melatonina deve ser ingerida com disciplina e, de preferência, sempre no mesmo horário, à noite. Se consumida durante o dia, pode causar diversos danos no longo prazo. ”Ela vai mandar uma informação para o corpo de que é noite, quando na verdade é dia”, afirma Halpern.

ALIMENTOS CONTÉM MELATONINA

Mesmo em pequena concentração, alguns alimentos são fonte de triptofano, aminoácido responsável por se converter em serotonina e então melatonina no corpo humano. Frutas como morango, cereja, uva, banana e manga, assim como ovos, peixes, carne e leite contêm a substância.

PARA QUEM É INDICADO?

Ao envelhecer, a produção de melatonina diminui cerca de 25%. Mas só isso não é sinal de que a população idosa precisa da versão sintética do neuro-hormônio. Apenas quando houver dificuldade de dormir. Pessoas com deficiência visual podem ter problemas para produzir a melatonina na glândula pineal. Quem faz uso de betabloqueadores (para doenças cardiovasculares) ou para melhorar o jet lag depois de uma viagem longa. Ou para quem tem muita dificuldade de pegar no sono a noite e se sente sonolento durante o dia.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

bencesizeuyarmi

'' Nature constantly imitates art .''

Tantra Mantra Specialist Astrologer solve your love problems

Tantra Mantra Specialist Astrologer Provide Love back, marriage solution, ex back and other all type of astrology Services

Güz Mavisi

Mesele Biraz Okumak

Monica e lo Scrapbooking

Trovate tutorial e suggerimenti per creare con le vostre mani. Tutto sullo Scrapbooking.

The Paltry Sum

Detroit Richards

VEYSEL ISSI

OKUYUNUZ

Printer Driver App

Download Printer Drivers & Software

ATFK

𝖠𝗇𝗈𝗍𝗁𝖾𝗋 𝖶𝗈𝗋𝖽𝖯𝗋𝖾𝗌𝗌.𝖼𝗈𝗆 𝗌𝗂𝗍𝖾.

Tauty World

Blog Blogging Story Magazine eBook Podcast

Alcançando Metas👉31984915576

Dinheiro ,vendas ,leis universais

Tiny Life

mostly photos

Onde Q tem?

Qual serviço ou produto está procurando?

Speranze Letterarie

Lettura racconti gratis - Free reading of novels

blog viaungarettidue

18-3-2022 ( testi e fotografie dell'autore)

ピロキャンナビ

知りたい事は、何ですか?

%d blogueiros gostam disto: