ESTAR BEM

PELOS DO NARIZ PROTEGEM DE RESFRIADOS E OUTRAS VIROSES?

Especialistas examinam os efeitos de aparar ou depilar as narinas no risco de contrair infecções respiratórias

Uma máxima médica afirma que os pelos do nariz filtram o ar que respiramos e, portanto, nos protegem de infecções por vírus, bactérias e outros patógenos transportados pelo ar. Mas, como costuma acontecer com muitas frases feitas, sua validade pode ser mais consagrada do que necessariamente verídica.

A ideia de que os pelos do nariz, conhecidos clinicamente como vibrissas, são capazes de oferecer proteção contra germes infecciosos remonta a mais de um século.

Em 1896, uma dupla de médicos ingleses, em um artigo na revista médica Lancet, observou que o “interior da grande maioria das fossas nasais normais é perfeitamente asséptico (estéril). Por outro lado, na entrada das narinas, as vibrissas que as revestem, e todas as crostas ali formadas, estão geralmente repletas de bactérias. Esses dois fatos parecem demonstrar que as vibrissas atuam como um filtro e que um grande número de micróbios encontra seu destino nas malhas úmidas do pelo que permeia a entrada das narinas”.

A conclusão dos médicos ingleses pode parecer lógica, mas, até então, ninguém havia realmente estudado se aparar os pelos do nariz tornaria mais fácil para os germes penetrarem mais profundamente no trato respiratório.

Foi só em 20ll que a densidade dos pelos do nariz foi rigorosamente estudada como possível agente de doenças. Em um estudo com 233 pacientes publicado nos Arquivos Internacionais de Alergia e Imunologia, uma equipe de pesquisadores da Turquia descobriu que pessoas com pelos nasais mais densos eram menos propensos a ter asma. Os pesquisadores atribuíram essa descoberta à função de filtração do ar dos pelos do nariz.

A observação deles foi interessante, mas veio de um estudo observacional que não pode provar causa e efeito, e a asma não é uma infecção. Os pesquisadores também não fizeram nenhum estudo de acompanhamento para avaliar como aparar os pelos do nariz pode influenciar o risco de asma – ou de infecção.

Demorou até 2015 para os médicos da Clínica Mayo realizarem o primeiro e, até agora, único  estudo para examinar os efeitos do corte dos pelos do nariz.

Os pesquisadores mediram o fluxo de ar nasal em 30 pacientes antes e depois de aparar os pelos do nariz e descobriram que o corte levou a melhorias nas medidas subjetivas e objetivas do trânsito de ar. Inicialmente observaram que as melhorias foram maiores naqueles que tinham mais pelos nas  narinas. Os resultados foram publicados no American Journal of Rhinology and Allergy.

SEM EVIDÊNCIAS

Novamente uma conclusão interessante, mas o melhor fluxo de ar nasal tem relação a um maior risco de infecção?

Nenhum dos estudos abordou essa questão diretamente. Mas David Stoddard, o principal autor do estudo feito pela Mayo, observou que, se alguém trabalha com gesso, por exemplo, “sou capaz de dizer que ele acabou de sair do trabalho pela poeira branca presa nos pelos do nariz. Mas são as partículas maiores que ficam presas. Os vírus são muito menores. Eles são tão pequenos que provavelmente passarão pelo nariz de qualquer maneira. Não acho que aparar os pelos do nariz de alguém os colocaria em maior risco de infecção respiratória”.

Com base no estudo limitado dos pelos do nariz, não há evidências de que apara-los ou depilá-los aumenta o risco de infecções respiratórias. E, assim como pelo menos um especialista que trabalhou na área especulou, provavelmente não.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

M.A

Interviews, reviews, marketing for writers and artists across the globe

Gaveta de notas

Guardando idéias, pensamentos e opiniões...

Isabela Lima Escreve.

Reflexões sobre psicoterapia e sobre a vida!

Roopkathaa

high on stories

Luna en mengua

Poesía, arte, literatura y música.

de tudo um pouco ❗❕❗😉👌

de tudo um pouco 😉👌

Painel do Grupo

Aqui um pouquinho de nossas realizações

Buds of Wisdom

Fall in Love with Grammar !

pretapoesia

Escreviver é isso: viver, escrever, viver novamente. Writing is just like this: live, write, live again.

danielecolleoni

Appunti, spunti e passioni in liberta'

Ode to Beauty

Discovering the World of Fine Art Nude Photography

白川君の独り言β

no sweat no victory

URBN Social

The Social Experience

RENOVADAS

Autoestima para mais de 50

Olivia2010kroth's Blog

Viva la Revolución Bolivariana

%d blogueiros gostam disto: