OUTROS OLHARES

DIVERTIDOS E ESQUISITOS

Os acessórios da temporada primavera/verão de 2022 chegam às passarelas permeados por toques de surrealismo e nostalgia. A proposta é subverter. Quem se atreve?

Até hoje, a pintura A Traição das Imagens (La Trahison des lmages, em francês), do artista belga René Magritte, confunde muita gente. O quadro, pintado em 1929 e hoje exposto no Museu de Arte de Los Angeles, nos Estados Unidos, faz parte de uma série na qual a imagem realista é acompanhada da inscrição “Ceein’est pas une pipe” (Isto não é um cachimbo, em português). Trata-se de uma obra-prima surrealista. Ao causar estranheza, estimula o espectador a entender o que está acontecendo ali. O quadro transcende a compreensão racional, relacionando-se diretamente com o imaginário e o absurdo.

Guardadas as mais que devidas proporções, foi um pouco desse desafio entre o lógico e o surreal que tomou conta dos espectadores da última edição da Semana de Moda de Paris –   a primeira presencial desde o início da pandemia – realizada entre setembro e outubro. Fashionistas são pessoas habituadas a ver coisas inusitadas, mas é fato que a temporada primavera/verão 2022 virá mais incrementada nesse quesito, em especial pela criação de acessórios surpreendentes e, por que não dizer, surreais. Ou, nas palavras dos designers, experimentais. “Fazer um show agora é como assumir uma forma estranha de um ato surrealista. É quase um ato neurótico, porque tudo é normal, mas ao mesmo tempo não é”, disse Jonathan Anderson, estilista da Loewe, marca que mais chamou atenção nas apresentações.

E logo ela, a grife preferida da realeza espanhola desde 1905, quando o rei Alfonso XIII nomeou o fundador Heinrich Loewe Rõssberg como designer oficial da casa real em reconhecimento aos seus clássicos sapatos de salto alto. Agora, os modelos vêm repletos de um evidente desejo de liberdade e espontaneidade criativa. “Não queria algo totalmente baseado na realidade”, explicou Anderson. O resultado foi uma sucessão de sandálias com saltos divertidos e bem esquisitos: em formato de sabonete, vela de aniversário, vidro de esmalte, rosa vermelha pisada e até ovo quebrado – um claro desafio às noções de normalidade. O salto alto é o maior sinônimo da autoestima feminina. Na passarela da Loewe, era como se as mulheres, não à toa intituladas “neuróticas, psicodélicas e completamente histéricas”, estivessem reaproveitando os objetos com os quais passaram meses e meses em casa para finalmente sair da escuridão da pandemia em direção à diversão.

Intervenções do gênero também apareceram em outros fashions shows seguindo o mesmo intuito de criar formas de escapismo para o período difícil que o mundo enfrenta. Batman, personagem criado pela DC Comics em 1939, ressurgiu em versão vintage e estilizada estampando sneakers e bolsas na passarela da Lanvin. Sapatos usados em casa ganharam suas versões exóticas nos desfiles. Loewe e Fendi, por exemplo, apostaram nos acessórios de pelúcia. Já Simone Rocha, Versace, Anna Sui, Miu Miu e Vivienne Westwood mergulharam no lúdico e trouxeram de plataformas pesadas a sandálias delicadas com meias, inclusive estampadas de motivos infantis. Do deslumbre das passarelas à realidade das ruas, no entanto, há uma distância imensa. Por isso, é de indagar se modelos à la Magritte serão vistos nos shoppings, restaurantes, cinemas. A designer de sapatos de luxo Adriana Farina acha que sim. Principalmente os divertidos criados pela Loewe. “Os saltos esculpidos são grande tendência. Dentro de um conceito do que é usável, a moda pega”, diz. Adriana lembra que os brasileiros gostam de roupas e acessórios inusitados e exclusivos, mesmo que sejam um pouco estranhos. “Especialmente entre os mais jovens, que também os usam em seus vídeos na internet.” É verdade. Se fica bem na passarela, vai fazer sucesso nas redes sociais. Ainda mais quando se fala de bolsas e sapatos, ótimos recursos para causar sensação. Como disse Marilyn Monroe: “Dê a uma mulher os sapatos certos e ela poderá conquistar o mundo”.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Uma consideração sobre “OUTROS OLHARES”

Os comentários estão encerrados.

Blog O Cristão Pentecostal

"Tão certo como eu vivo, diz o Senhor Deus, não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho e viva. Convertam-se! Convertam-se dos seus maus caminhos!" Ezequiel 33:11b

Agayana

Tek ve Yek

Envision Eden

When We Improve Ourselves, We Improve The World

4000 Wu Otto

Drink the fuel!

Ms. C. Loves

If music be the food of love, play on✨

troca de óleo automotivo do mané

Venda e prestação de serviço automotivo

darkblack78

Siyah neden gökkuşağında olmak istesin ki gece tamamıyla ona aittken 💫

Babysitting all right

Serviço babysitting todos os dias, também serviços com outras componentes educacionais complementares em diversas disciplinas.

M.A aka Hellion's BookNook

Interviews, reviews, marketing for writers and artists across the globe

Gaveta de notas

Guardando idéias, pensamentos e opiniões...

Isabela Lima Escreve.

Reflexões sobre psicoterapia e sobre a vida!

Roopkathaa

high on stories

La otra luna de Picasso

El arte es la esencia de la espiritualidad humana.

%d blogueiros gostam disto: