A PSIQUE E AS PSICOLOGIAS

UM A CADA 7 ALUNOS DIZ JÁ TER SOFRIDO ABUSO SEXUAL

IBGE ouviu quase 188 mil estudantes em mais de 1.280 cidades; e 15% afirmaram já terem sido tocados contra a vontade

Um em cada sete adolescentes brasileiros em idade escolar já sofreu algum tipo de abuso sexual ao longo da vida, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2019. Realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a sondagem apontou   também que quase 9% das meninas já foram obrigadas a manter relações sexuais contra a vontade.

Dois terço dos escolares informaram já ter ingerido algum tipo de bebida alcoólica. Desse total, um em cada três o fez antes dos 14 anos.

Na coleta dos dados, o IBGE entrevistou quase 188 mil estudantes. Eles responderam às questões em 4.361 escolas de 1.288 municípios. O País tinha, em 2019, 11,8 milhões de estudantes de 13 a 17 anos. Dentre os temas abordados sobre saúde e comportamento,   chamam a atenção casos envolvendo algum tipo de abuso sexual. Dos entrevistados, 14.6% responderam que já foram tocados, manipulados, beijados ou passaram por situações de exposição de partes do corpo alguma vez contra a vontade. Entre as meninas, o porcentual chegou a 20,1%; os meninos chegaram a 9%.

Alguns dos alunos relataram que, além dessas agressões, foram obrigados a manter relação sexual – esses equivalem a 6,3% dos entrevistados. Também nesse caso, as meninas foram mais atacadas (8,8% delas foram vítimas dessas relações forçadas, ante 3,6% dos garotos).

Levantamento da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, divulgado em 2020, mostrou que 73% dos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes ocorrem na casa da própria vítima ou na do suspeito. A agressão é cometida por pai ou padrasto em 40% das denúncias, conforme o balanço do Disque 100, canal de denúncia do governo federal.

Especialistas têm apontado que a pandemia pode ter prejudicado a identificação e denúncia desses casos, uma vez que crianças e adolescentes ficaram longe da escola, da comunidade e de redes de proteção. O Brasil foi um dos países em que crianças e adolescentes ficaram mais tempo afastados da sala de aula.

A redução do contato social tornam mais difíceis a denúncia e o combate a esses abusos, que podem ser enquadrados desde importunação sexual e estupro de vulnerável, com penas previstas no Código Penal. “A pesquisa traz alguns alertas que, infelizmente, podem ter se agudizado na pandemia”, diz Marco Andreazzi, gerente do estudo.

“A importância da pesquisa é principalmente no sentido de olhar pra freme. O melhor uso dela é identificar pontos de fragilidade e intervir para melhorar isso”, acrescenta Andreazzi.

DROGAS E BULLYING

Ao todo, 63,3% dos estudantes de 13 a 17 anos informaram ter ingerido pelo menos uma dose de bebida alcoólica. A pesquisa também apontou que 47% afirmaram ter passado por algum episódio de embriaguez. O uso de drogas ilícitas foi relatado por 13% dos entrevistados. Mais de um quinto deles (22,6%) afirmaram já ter fumado ao menos um cigarro. Nos dois casos, a prevalência foi maior nas escolas públicas. Em 2019, um em cada cinco estudantes (21,4%) de 13 a 17 anos disse ter sentido que a vida não valia a pena ser vivida nos 30 dias anteriores à pesquisa. No mesmo período, quase um quarto (23%) disse ter sofrido bullying de colegas. Em 2018, foi sancionada uma lei de combate ao bullying nas escolas. O texto ampliou as obrigações das escolas em promover medidas de proteção.

Entre os que responderam à pesquisa do IBGE, 35,4% declararam já ter tido sua iniciação sexual. Apenas 63,3% deles usaram preservativos na primeira relação. E 40,9 não utilizaram na última relação. Ainda de acordo com a pesquisa, 11,6% dos estudantes de 13 a 17 anos deixaram de ir à escola por não se sentirem seguros no trajeto de ida ou volta para casa.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Blog O Cristão Pentecostal

"Tão certo como eu vivo, diz o Senhor Deus, não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho e viva. Convertam-se! Convertam-se dos seus maus caminhos!" Ezequiel 33:11b

Agayana

Tek ve Yek

Envision Eden

When We Improve Ourselves, We Improve The World

4000 Wu Otto

Drink the fuel!

Ms. C. Loves

If music be the food of love, play on✨

troca de óleo automotivo do mané

Venda e prestação de serviço automotivo

darkblack78

Siyah neden gökkuşağında olmak istesin ki gece tamamıyla ona aittken 💫

Babysitting all right

Serviço babysitting todos os dias, também serviços com outras componentes educacionais complementares em diversas disciplinas.

M.A aka Hellion's BookNook

Interviews, reviews, marketing for writers and artists across the globe

Gaveta de notas

Guardando idéias, pensamentos e opiniões...

Isabela Lima Escreve.

Reflexões sobre psicoterapia e sobre a vida!

Roopkathaa

high on stories

La otra luna de Picasso

El arte es la esencia de la espiritualidad humana.

%d blogueiros gostam disto: