POESIA CANTADA

QUANDO O AMOR ACONTECE

LEILA PINHEIRO

QUANDO O AMOR ACONTECE

COMPOSIÇÃO: ABEL SILVA / JOÃO BOSCO

Coração sem perdão, diga fale por mim
Quem roubou toda a minha alegria
O amor me pegou, me pegou pra valer
Aí que a dor do querer, muda o tempo e a maré
Vendaval sobre o mar azul
Tantas vezes chorei, quase desesperei
E jurei nunca mais seus carinhos
Ninguém tira do amor, ninguém tira, pois é
Nem doutor nem pajé, o que queima e seduz, enlouquece
O veneno da mulher
O amor quando acontece a gente esquece logo que sofreu
um dia, ilusão
O meu coração marcado tinha um nome tatuado que ainda
doía, pulsava só na solidão
O amor quando acontece a gente esquece logo que sofreu
um dia, esquece sim
Quem mandou chegar tão perto se era certo um outro
engano, coração cigano
Agora eu choro assim
O amor quando acontece a gente esquece logo que sofreu
um dia, esquece sim
Quem mandou chegar tão perto se era certo um outro
engano coração cigano
Agora eu choro assim

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Uma consideração sobre “POESIA CANTADA”

Os comentários estão encerrados.