POESIA CANTADA

A VIDA NÃO PRESTA

LEO JAIME

LEO JAIME (nome artístico de Leonardo Jaime; nasceu em Goiânia, em 23 de abril de 1960) é um ator, cantor, compositor e jornalista brasileiro.
Participou da formação original do grupo carioca de rockabilly João Penca e Seus Miquinhos Amestrados, e saiu do grupo para seguir carreira solo. Foi Leo Jaime quem indicou Cazuza à então nascente banda Barão Vermelho, recusando o posto de vocalista.
Leo Jaime fez muito sucesso na década de 80, onde emplacou vários hits nas rádios do Brasil, além de fazer trilhas sonoras para filmes e novelas. Seus principais discos solo são Sessão da Tarde e Phoda C. Lançou Todo Amor em 1995, uma obra de intérprete e Interlúdio, em 2008, com canções inéditas.
Como ator, Léo Jaime atuou na telenovela Bebê a Bordo, de 1988, como Zezinho, e nos filmes O Escorpião Escarlate, Rádio Pirata, Rock Estrela e As Sete Vampiras.
Também escreve para televisão, jornais e revistas.

A VIDA NÃO PRESTA

COMPOSIÇÃO: LEANDRO / LEO JAIME / SELVAGEM BIG ABREU

Você vai de carro prá escola
E eu só vou a pé
Você tem amigos à beça
E eu só tenho o Zé…

Prá consolar
As tardes de domingo
Que eu passo à sofrer
Sonhando em ter
Um carro conversível
Prá você me querer…

Quantas noites
Em claro eu passei
Tentando te esquecer
Quando à noite
Eu consigo dormir
Eu sonho é com você…

A me dizer:
Prá não ter ilusões
Que entre nós não pode ser
E é mesmo assim
Nem mesmo no meu sonho
Eu posso ter você prá mim…

Eu tentei naquela festa
Você fugiu de mim
E eu pensei:
A vida não presta
Ela não gosta de mim…(2x)

Eu pensei:
Ela não gosta de mim
Oh! Oh! Oh! Oh!
Ela não gosta de mim…

Eu pensei:
A vida não presta
Ela não gosta de mim
Oh! Oh! Oh! Oh!…

Eu pensei:
A vida não presta
Ela não gosta de mim
Uh! Uh! Uuuuuuuh!…

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Uma consideração sobre “POESIA CANTADA”

Os comentários estão encerrados.