A PSIQUE E AS PSICOLOGIAS

INTOLERÂNCIA: ATÉ ONDE PODEMOS IR?

Há situações em que a insegurança, a ignorância e a busca por reconhecimento e valorização tolhem a capacidade de distinção entre o certo e o errado, sufocando valores morais a ponto de pessoas comuns se tomarem capazes de infligir grande sofrimento a alguém que identificam como diferente de si

Há 50 anos, um estudo hoje considerado clássico – e eticamente condenável -, conduzido pelo psicólogo americano Stanley Milgram, da Universidade Yale, colocou em dúvida os valores morais e a bondade de pessoas pacatas e comuns. E ainda hoje provoca discussões. A experiência pretendia explicar crueldades praticadas por adeptos do nazismo e se propunha a investigar de que maneira indivíduos tendem a obedecer às autoridades, mesmo quando as ordens contradizem o bom-senso. Os voluntários foram orientados a fazer perguntas a outros participantes e, caso as respostas estivessem erradas, os aplicadores deviam submetê-los a choques elétricos cada vez mais intensos. O que eles não sabiam, entretanto, é que as descargas não provocavam dor de verdade: a reação das “vítimas” não passava de encenação, pois haviam sido instruídas por Milgram para simular a dor.

Os resultados foram surpreendentes: cerca de dois terços daqueles que infligiam o castigo estavam bastante dispostos a levar adiante as medidas punitivas e, mesmo percebendo a intensidade do sofrimento que causavam, muitos chegavam ao ponto de colocar a mão dos que respondiam no dispositivo que (segundo acreditavam) dispararia os choques caso errassem.

Havia, porém, uma variação importante: se a maioria dos participantes fosse instruída a não punir os colaboradores, aqueles que recebiam orientação diferente em geral também se negavam a fazê-lo, numa clara tentativa de igualar-se ao grupo. Os resultados da experiência foram apresentados pela primeira vez em 1963, no artigo “Behavioral study of obedience”, publicado no periódico científico Journal of abnormal and social psychology. A repercussão do trabalho foi tão grande que no ano seguinte Milgram recebeu o prêmio anual em psicologia social, conferido pela Associação Americana para o Avanço da Ciência.

Considerando os resultados, é aceitável traçar uma analogia com os regimes ditatoriais, empenhados em persuadir cidadãos comuns à obedecer ordens de executar atos terríveis sem exibir sinal de estranhamento. Importante: não se trata de agir descontroladamente em um momento de raiva, mas sim de aceitar calmamente uma determinação – mesmo que a ação cause grande mal a alguém. Dependendo do contexto, as pessoas podem simplesmente ser levadas a crer que não devem exprimir sua vontade, tomando opiniões alheias como suas próprias “verdades”.

Um exemplo disso ocorreu em 1944, em Ruanda, quando a população civil hutu promoveu um genocídio de cerca de um milhão de tutsis e hutus moderados, matando mais de 900 mil pessoas entre homens, mulheres (inclusos inúmeros idosos), e crianças a golpes de machado e facões. Um dos detalhes mais aterradores: muitas das vítimas eram colegas, vizinhos e até parentes dos assassinos.

Situação igualmente assustadora foi o assassinato de 38 mil pessoas (e a prisão de outras 35 mil, enviadas para campos de concentração) durante a Segunda Guerra Mundial pelo batalhão de reserva 101. Que crueldades (incluindo mortes) tenham sido cometidas por soldados e oficiais do exército é revoltante, mas até certo ponto “compreensível”. Mas o que chama a atenção é que essa formação era composta por civis, todos com mais de 35 anos – até então pais de família “de bem”-, sem nenhum treinamento militar, recrutados na cidade de Hamburgo. O mais desconcertante é que nenhum deles era realmente obrigado a cometer as terríveis ações e os que eventualmente se recusavam a participar não sofriam represálias. Na verdade, esses crimes contra a humanidade não foram praticados sob coação, mas por outros motivos. Creio que um dos principais seja o desejo desesperado (e talvez insuspeito até então até para eles mesmos) de agradar os outros membros do grupo e, assim, serem aceitos. E, claro, havia o prazer partilhado de se sentir poderoso e superior às vítimas.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

URBN Social

The Social Experience

RENOVADAS

Autoestima para mais de 50

Olivia2010kroth's Blog

Viva la Revolución Bolivariana

Alter Planet Action. Outras Ações Planetárias.

M3tas e M3táforas p4ra $ustentbilidad3 soci0800 @mbiental

Enjoy your life!

The story of your life

バナー工房(旅立ちから)

「旅立ちから」移転しました。

Emmanuel Silva Pinto

Sobre direito do trabalho.

The world and its inhabitants

in this site the writer is trying to writing about a big creation of this world

PrestaBlogs Updates.

The Home OfPresent And Future Music Stars

Universo de Lua

Estudos Teológicos, Matérias sobre Liderança, Gestão, Psicologia e Atualidades

PENSER TIMES

Just another WordPress site

Hope237

Hello everyone et bienvenue sur mon blog . Êtes-vous intéressée par ce qui se passe à l'autre bout du monde ? Alors abonnez-vous pour ne rien manquer de cette belle aventure humaine .🥰 Premièrement , j'ai pris l'initiative de créer ce site à caractère humanitaire afin de dénoncer et d'exposer les injustices que subissent les personnes vulnérables dans mon pays le Cameroun 🇨🇲 . L 'objectif étant de créer un jour l'association Hope237 pour soutenir les couches fragiles de la société camerounaise. Deuxièmement , j'aimerais que mes futurs lecteurs découvrent mon pays le Cameroun 🇨🇲 à travers son histoire ,sa géographie ,sa mixité de culture , sa gastronomie , ses paysages et ses lieux touristiques. Qui Sait ? peut être vous avez là votre prochaine destination touristique.😇🌍🌎🌏 ❤️ LGBTQ friendly because love is all we need in this World♥️🏳️‍🌈

What Show Is This

This site is everything about PR, Lifestyle, Entertainment & Sport.

هلوسة ذاتية

"أملك من الذكاء ما يكفي لتدمير حياتي بنفسي"

Sci-Fi Jubilee

Sci-Fi News & Reviews

Still normal.

Ups and down everyday, let us make dailyliving normal.

Spiritual healing for Love back and solve all problem

Get All Love problem Solution in just 2 days by spiritual healing specialist astrologer. Call and Whatsapp Now +91 7678205180

%d blogueiros gostam disto: