A PSIQUE E AS PSICOLOGIAS

MINDFULNESS – III

TRABALHE BEM!

A prática de atenção plena auxilia no bom desempenho corporativo, trazendo atenção, calma e criatividade

Quantas vezes em nosso dia sofremos antecipadamente por alguma coisa que ainda vai acontecer, imaginando as consequências que talvez nem ocorram? E aquele erro simples que você cometeu na semana passada, mas que já foi resolvido: ainda incomoda a ponto de perder um bom tempo pensando nele?

Se você vive mais o passado ou o futuro do que o momento presente, é bom rever seus conceitos. E uma das maneiras de focar no que está se passando agora é praticando a técnica mindfulness. Traduzido para o português como atenção plena, tem como objetivo induzir a concentração intencionalmente na experiência do momento presente, desprendida de julgamentos.

AMBIENTE PROFISSIONAL

A prática vem sendo, cada vez mais uma aliada na melhora da produtividade, do foco e do relacionamento dos empregados e empreendedores. Nos Estados Unidos, empresas como Google, Facebook, Samsung e eBay têm um momento para que seus colaboradores possam meditar. A técnica da atenção plena é a favorita dos executivos pois “feita diariamente, clareia ais ideias e amplia a ‘visão de águia’”, o que nos faz ter um panorama mais abrangente de qualquer assunto para tomar a melhor decisão nos negócios, explica o consultor empresarial Rafeek Albertoni. O método ainda aumenta a comunicação entre áreas do cérebro, trazendo a percepção e o foco para o momento.

TUDO COMEÇOU COM JOBS

Antes de fundar a Apple, comprar a empresa de animação Pixar e se tornar milionário aos 25 anos, Steve Jobs foi até a Índia atrás de um guru buscando iluminação espiritual. Ele percorreu diversas aldeias e voltou para os Estados Unidos determinado a continuar com a prática de meditação, que realizou até o fim da sua vida.

Em sua biografia autorizada, Jobs conta: ao altar depois de sete meses em aldeias indianas, vi a loucura do mundo ocidental bem como sua capacidade para o pensamento racional. Se você simplesmente sentar e observar, verá como sua mente é inquieta”. O último desejo do dono da Apple foi que em seu funeral todos os participantes recebessem o livro Autobiografia de um Iogue, do indiano Paramahansa Iogananda, que fala sobre autorrealização, e o seu pedido foi atendido.

Steve Jobs foi quem popularizou a prática de mindfulness ligada ao empreendedorismo, já que muitas de suas ideias e inovações vieram dos momentos em que o empresário esteve apenas consigo meditando. “Sua mente simplesmente fica mais lenta e você vê uma expansão tremenda do momento. Você enxerga tanta coisa que poderia ter visto antes. É uma disciplina, você tem     de praticá-la”, conta o livro Steve Jobs: A biografia.

E não parou por aí: com sua influência, outros grandes gestores seguiram a mesma linha, como Arianna Huffington, (fundadora do portal de notícia The Huffington Post), Jack Dorse (criador do Twitter), e o executivo da Apple, Craig Federighi, acompanhando os passos do fundador da empresa.

BENEFÍCIOS NA VIDA LABORAL

O dia a dia nas empresas, muitas vezes, sobrecarrega os funcionários e empreendedores por causa dos prazos, acúmulo de tarefas, mau relacionamento com colegas e chefias, consumo do tempo, entre outras causas. Com a popularização da atenção plena, muitas corporações relatam aumento na produtividade, foco e disposição dos empregados, além do melhor convívio com outras pessoas.

“O ambiente de trabalho determina a qualidade da empresa e dos funcionários que ela irá manter ou atrair. Quanto mais os colaboradores conseguem se livrar de comportamentos destrutivos, como surtos de raiva, inveja e a tendência para reclamação inútil, mais agradável se torna trabalhar nessa equipe”, explica o mestre espiritual Giridhari Das.

Além disso, os líderes das companhias também são beneficiados quando praticam o mindfulness, já que a técnica “faz uma conexão com os nossos sentimentos e nos ajuda a gerenciá-los com inteligência emocional, ampliando o conhecimento de nós mesmos e a maneira como lidamos com os problemas, com as outras pessoas e com o nosso trabalho”, conta Rafeek Albertoni.

FOCO NO DHARMA

Giridhari Das explica um conceito empregado na prática do yoga e da atenção plena chamado dharma, palavra em sânscrito, que significa “viver uma vida centrada em cumprir nosso dever”. Ou seja, são pequenas tarefas que devem ser realizadas no momento, como preparar uma refeição, divertir-se em uma recreação ou fazer um relatório do trabalho.

Ainda segundo o mestre espiritual, mesmo que seu dharma mude repentinamente com um incidente ou imprevisto a consciência não deve se dispersar; mas, pelo contrário entender o novo momento e aproveitá-lo aqui e agora.

“Se realizarmos nossas lições esperando pelos resultados ficaremos invariavelmente cheios de estresse e ansiedade. Não é necessária nem útil, se preocupar (ocupar a mente com o futuro) com o resultado no momento da ação. O planejamento e a construção de metas são por si só, atos, e devem ser feitos por quem possui este dever. Então não é que focar na ação implica em não planejar ou em não buscar objetivos”, esclarece o mestre espiritual.

A alteração bruta de dharmas pode deixar a mente inquieta, estressada e ansiosa. Contudo, a prática do mindfulness traz a resiliência, que é a capacidade de se adaptar às mudanças.

Melhorar essa habilidade é essencial para o mundo corporativo, já que é preciso resolver de modo prático os problemas e tomar decisões certas rapidamente.

SÍNDROME DE BURNOUT

Cansaço físico e mental, isolamento social, dificuldade de concentração, falta de energia, sentimento de não ser bom o suficiente e alterações repentinas de humor. Esses são alguns sintomas da síndrome de burnout, que significa “queimado por completo” em inglês. Contudo, a prática da atenção plena promete ajudar os pacientes com a síndrome ou com sintomas de exaustão laboral, já que “quando aprendemos a conviver e a relaxar profundamente dentro do aqui e do agora, o passado deixa de nos angustiar e o futuro já não nos causa mais ansiedade”, conta Rafeek Albertoni.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Blog O Cristão Pentecostal

"Tão certo como eu vivo, diz o Senhor Deus, não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho e viva. Convertam-se! Convertam-se dos seus maus caminhos!" Ezequiel 33:11b

Agayana

Tek ve Yek

Envision Eden

When We Improve Ourselves, We Improve The World

4000 Wu Otto

Drink the fuel!

Ms. C. Loves

If music be the food of love, play on✨

troca de óleo automotivo do mané

Venda e prestação de serviço automotivo

darkblack78

Siyah neden gökkuşağında olmak istesin ki gece tamamıyla ona aittken 💫

Babysitting all right

Serviço babysitting todos os dias, também serviços com outras componentes educacionais complementares em diversas disciplinas.

M.A aka Hellion's BookNook

Interviews, reviews, marketing for writers and artists across the globe

Gaveta de notas

Guardando idéias, pensamentos e opiniões...

Isabela Lima Escreve.

Reflexões sobre psicoterapia e sobre a vida!

Roopkathaa

high on stories

La otra luna de Picasso

El arte es la esencia de la espiritualidad humana.

%d blogueiros gostam disto: