A PSIQUE E AS PSICOLOGIAS

DESAPEGUE-SE! – IV

DE OLHO NA SUSTENTABILIDADE

Pense no meio ambiente e seja responsável na hora de se desapegar de objetos

Sabe aquele item eletrônico que não funciona mais e fica lá no cantinho da casa acumulando poeira? Ou até mesmo aquele aparelho que, para você, não tem mais uso algum, mas que ainda funciona? E as cascas de alimentos? Ah, e aquela. comia que venceu? A bateria e a pilha que acabaram? A lâmpada que queimou? Pois é, não é bom deixar tudo isso dentro, de casa sabendo que não, são mais úteis, mas é importante saber desapegar dessas coisas com responsabilidade ecológica.

Segundo o Pnuma, um programa da ONU para o meio ambiente, o mundo descartou cerca de 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico em 2017. Em 2014 o Brasil gerou cerca de 1,4 milhão de toneladas, tornando-se o principal gerador desse tipo de lixo na América Latina. A última edição do estudo Panorama dos Resíduos Sólid0os no Brasil feito pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), constatou que o total de resíduos sólidos urbanos gerado no pais aumentou 1,7% de 2014 a 2015, período em que a população brasileira cresceu 0,8% e a atividade econômica (PIB) retraiu 3,8%. Apesar do aumento, a porcentagem é menor do que em anos anteriores e, de acordo com o mesmo estudo, reflete um modelo de consumo que aderiu ao descartável e não mudou isso com a chegada da crise econômica.

LOCAIS INADEQUADOS

Segundo a Abrelpe os avanços percebidos pelo setor ainda não são suficientes para reduzir o               volume total de resíduos sólidos urbanos que são encaminhados para locais inadequados. Em termos percentuais houve uma melhora relativa de 0,3% em relação ao ano anterior, porém em termos absolutos, cerca de 30 milhões de toneladas de resíduos foram dispostas em lixões e aterros controlados, uma quantidade que é 1% maior do que o montante registrado em 2014. O desafio apresentado ainda é bastante considerável, uma vez que, apesar das determinações da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal 12.305/2010) e de outras Leis Ambientais, mais de 3.300 municípios ainda fazem uso de unidades irregulares para destinação dos resíduos coletados.

DESAPEGO CORRETO

BATERIAS DE TELEFONES CELULARES: geram lixo tóxico. Por isso, uma possibilidade ao descarte deste material no lixo doméstico é entregar as baterias antigas em lojas de eletrônicos. Muitas delas providenciam ou encaminham o material para reciclagem.

RESTOS DE MEDICAÇÕES: o descarte incorreto pode levar ao uso inadvertido por outras pessoas resultando em reações adversas graves e intoxicações. Medicamentos ocupam o primeiro lugar entre os agentes causadores de intoxicações desde 1996, de acordo com o Sistema Nacional de Informações Tóxico Farmacológicas. Existem diversas iniciativas que permitem o descarte de forma segura de medicamentos vencidos ou sobras de tratamentos, bem como, de suas embalagens e de objetos perfuro -cortantes usados para ministrá-los.

PILHAS E BATERIAS: o ideal é separar o lixo tóxico dos outros, pois facilita a coleta e o armazenamento em aterros especiais.

LÂMPADAS FLUORESCENTES: essas lâmpadas contêm substâncias químicas que afetam o ser humano, como o mercúrio, um metal pesado que, uma vez ingerido ou inalado, causa efeitos devastadores ao sistema nervoso. É recomendável que se armazene em locais secos. Lembre-se de identificar a caixa e de nunca quebrar a lâmpada.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s