ALIMENTO DIÁRIO

GOTAS DE CONSOLO PARA A ALMA

22 DE OUTUBRO

O CORPO DA RESSURREIÇÃO

Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade (1Coríntios 15.53).

Os gregos não acreditavam na ressurreição do corpo. Eram dualistas e defendiam que a matéria era essencialmente má, e o espírito, essencialmente bom. Sendo o corpo matéria, e essencialmente mau, julgavam que ele não passava de uma prisão para alma. Quando Paulo pregou sobre a ressurreição na cidade de Atenas, alguns escarneceram do apóstolo. Porém, a ressurreição de Cristo é a pedra de esquina do cristianismo. Um Cristo morto não poderia ser nosso redentor. Se Cristo não ressuscitou, então foi vencido pela morte, e a morte tem a última palavra. Mas Cristo ressuscitou como as primícias daqueles que dormem. A morte foi tragada pela vitória. O túmulo vazio de Cristo é o berço da igreja. Porque Cristo ressuscitou, nós também receberemos no último dia um corpo imortal, incorruptível, poderoso, glorioso, espiritual e celestial. Receberemos um corpo semelhante ao corpo da glória de Cristo. O corpo da ressurreição não enfrentará cansaço nem fadiga; não será surrado pela doença nem tombará pela morte. Desfrutaremos para sempre das venturas eternas que Cristo preparou e reinaremos com ele pelos séculos sem fim. Não caminhamos para um entardecer cheio de sombras, mas para a manhã gloriosa da ressurreição. O melhor está por vir!

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.