GESTÃO E CARREIRA

QUEM ENSINA TAMBÉM APRENDE

Um dos maiores do setor de educação do País, o grupo yduqs tem de reestruturar seu modelo de negócio para reverter prejuízo causado pela pandemia. Agora, quer ir às compras para ter mais salas de aula cheias no futuro, além de reforçar a participação no ensino a distância

As salas de aula vazias nos últimos meses pode passar a ideia de que o segundo maior grupo de educação do País, a Yduqs, está com pouco trabalho. É o oposto disso. Desde o ano passado, a companhia convive com um intenso ritmo de novas notícias, com mais motivos para comemorar do que para se preocupar. Em 2019, sua base de alunos cresceu 10% e superou a marca de 570 mil matriculados. Em 2020, a companhia contabilizou mais um aumento de quase 10% no volume de calouros, tanto nos cursos presenciais quanto na educação a distância (EAD). “Tomamos decisões determinantes para que nossos resultados permanecessem positivos”, disse Adriano Pistore, vice-presidente da Yduqs. “Como em 15 dias tivemos de fechar 110 campi em todo o Brasil, buscamos formas de manter as aulas e de preservar a interação dos professores com os alunos de forma remota”, afirmou o executivo, referindo-se à pandemia.

Em parceria com a americana Microsoft, dona da plataforma de reuniões Teams, a Yduqs conseguiu implementar aulas a distância para cerca de 300 mil alunos em apenas uma semana. Isso exigiu mobilizar todo o time de docentes e desenvolvedores de tecnologia, capacitar mais de 8 mil professores para o ensino não presencial e distribuir equipamentos apropriados a todos eles. Nada disso seria possível sem acesso à internet de qualidade. Para isso, o grupo precisou fazer acordos com as operadoras de telefonia do País para garantir a conexão. “Já tínhamos a expectativa de que 2020 seria muito forte para o EAD, mas a pandemia acelerou todas essas previsões”, disse Pistore.

Segundo ele, a Yduqs não sentiu impacto relevante em suas operações no primeiro semestre. Até mesmo o efeito temporário no resultado é visto como algo positivo. “Tivemos de abrir mão de uma parcela da receita para garantir a permanência dos alunos que tiveram a renda afetada pela pandemia, e decidimos distribuir bolsas integrais para 31 mil alunos”, afirmou o executivo. O resultado foi afetado por concessão de descontos de R$ 67,5 milhões referentes ao programa de bolsas Estácio com Você – da Universidade Estácio de Sá – e redução na receita do segmento presencial, impactado pela redução de 53% nas receitas provenientes do Fies.

Por essa razão, a Yduqs registrou prejuízo de R$ 79,5 milhões no segundo trimestre, revertendo lucro de R$ 194,7 milhões no mesmo período de 2019. No ano passado, o resultado financeiro do grupo foi o maior entre as empresas de educação do País, o que garantiu o primeiro lugar no anuário AS MELHORES DA DINHEIRO 2020. Este ano, a receita da companhia cresceu 3,5% de abril a junho, para R$ 991,1 milhões, na comparação anual. “Para nós, mais importante do que um impacto temporário nos números é a permanência dos nossos alunos pelos próximos anos”, disse Pistore. Nesse contexto de mudanças, a Yduqs quer sair às compras. Após o anúncio de que o concorrente Ser Educacional fechou acordo de intenção de negócio com a Laureate Brasil, a Yduqs entrou na disputa. Se a ofensiva der certo, o grupo vai incorporar 50 campi universitários e cerca de 267 mil estudantes da Laureate.

Sobre a pandemia, a Yduqs acredita estar aprendendo a trabalhar unindo o presencial ao virtual. Segundo Pistore, 100% das salas terão wi-fi de alta qualidade para que as aulas sejam interativas. “Constatamos que 94% dos alunos aprovaram nossa reação ao isolamento e nossas novas tecnologias de ensino remoto”, afirmou. Afinal, quem ensina também aprende. Com ou sem crise.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s