ALIMENTO DIÁRIO

GOTAS DE CONSOLO PARA A ALMA

DIA 20 DE JULHO

MEDO, UM SENTIMENTO AVASSALADOR

Dá-te pressa, SENHOR, em responder-me; o espírito me desfalece… (Salmos 143.7a).

O medo pode ser bom ou ruim. Pode livrar-nos de grandes perigos ou pode paralisar-nos. O medo é um freio que nos impede de cair em profundos abismos ou uma muralha que inibe a nossa caminhada. Quero destacar aqui esse medo paralisante, que nos faz encolher. O apóstolo Paulo escreve a seu filho Timóteo: Porque Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação (2Timóteo 1.7). O medo é mais que um sentimento, é um espírito. Esse espírito atormenta muitas pessoas, deixando-as prisioneiras e impotentes. Há indivíduos que têm medo da vida, e outros que têm medo da morte. Há os que temem ficar solteiros e outros que temem casar. Há pessoas que sofrem de agorafobia, medo de lugares públicos, e outras que sofrem de claustrofobia, medo de lugares fechados. Há quem tem medo da luz e quem temo medo da escuridão. Há até alguns que têm medo de ter medo. A Palavra de Deus diz que o amor lança fora todo o medo (1 João 4.18). A ordem mais repetida na Bíblia é: Não temas. Deus nos criou e nos conhece. Conhece a nossa estrutura e sabe que somos pó. Por isso, exorta-nos a não termos medo. Em vez de olharmos para nossos sentimentos ou para as circunstâncias, devemos olhar para Deus, sabendo que ele nos criou, nos formou, nos remiu, nos chamou e está conosco em todas as circunstâncias!

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.