ALIMENTO DIÁRIO

GOTAS DE CONSOLO PARA A ALMA

DIA 14 DE JULHO

A HUMILHAÇÃO DE JESUS

A si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz (Filipenses 2.8).

A encarnação do Filho de Deus é um dos maiores mistérios da história. Há um só Deus, que subsiste em três Pessoas distintas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Esses três são da mesma substância, de tal maneira que o Filho é coigual, coeterno e consubstancial com o Pai e o Espírito Santo. Porém, para realizar a nossa redenção, o Deus Filho se fez carne, esvaziou-se da sua glória e, na plenitude dos tempos, nasceu de mulher, sob a lei, para ser nosso fiador e substituto. Sendo Deus, fez-se homem; sendo rico, fez-se pobre; sendo Senhor, fez-se servo. O Pai da eternidade entrou no tempo e vestiu pele humana. Humilhou-se até a morte, e morte de cruz. Mesmo diante das mais severas aflições, não retrocedeu em seu propósito de nos salvar. Mesmo perseguido, cuspido e esbordoado pela fúria dos pecadores, amou-os até o fim. Mesmo pregado na cruz, rogou ao Pai para perdoar seus algozes. Mesmo cravejado pelas setas da morte, matou a morte com sua própria morte e triunfou sobre ela em sua gloriosa ressurreição. Em sua humilhação extrema, abriu-nos o caminho do paraíso. Porque Cristo se humilhou, nós poderemos ser exaltados. Porque Cristo morreu, nós poderemos viver eternamente. Porque Cristo sofreu dor atroz, nós poderemos ser consolados para sempre. Porque Cristo foi abandonado, nós poderemos ser aceitos. A humilhação de Cristo abriu-nos o caminho de volta para Deus.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.