GESTÃO E CARREIRA

A TENTAÇÃO DE EMPREENDER

Jovem contraria as estatísticas mostrando que com foco, ousadia e persistência é possível sair da periferia e conquistar o mundo

Dener Lippert tinha tudo para fracassar na vida escolhendo caminhos tortuosos desde a infância, mas, ao invés disso, preferiu percorrer o caminho para o sucesso que alcançou no empreendedorismo, como CEO da V4 Company – assessoria de marketing.

O empresário foi abandonado pelo pai na infância. Cresceu com a mãe e seus irmãos no bairro Mathias Velho, localizado em Canoa, no Rio Grande do Sul. Enquanto sua mãe saía para fazer bicos e sustentar a família, ele assistia a seus irmãos cometerem pequenos delitos. Até pensou em seguir por esse caminho, mas percebeu que era melhor alimentar outro sonho, o de empreender e ter um futuro melhor.

Com 12 anos começou a trabalhar em uma produtora de festas locais. Enessa idade já entendeu a importância de fazer contatos para prosperar. Quando estava com 14 anos, foi tentado a ir ao festival Planeta Atlântida para assistir ao show do Charlie Brown Jr., mas não tinha dinheiro para realizar essa vontade. Esse detalhe, no entanto, não o impediu de conquistar o seu desejo. “Organizei, então, meu primeiro empreendimento. Um colega e eu alugamos um ônibus e cobramos ingresso de pessoas interessadas em ir ao show também. E foi ali que tudo começou”, relembra emocionado.

VIRANDO A PAGINA

Depois dessa primeira empreitada, Lippert, ao mesmo tempo que trabalhou em empregos formais, tirando cópias em uma faculdade ou como estagiário em um escritório de contabilidade, percebeu que sua real vocação era empreender, resolveu então criar um grupo para organizar festas e movimentar mais a cidade onde morava. “No processo de divulgação desses eventos, comecei a ter contato com o mundo do marketing e a me encantar mais com essa área”, afirma.

Para estudar melhor o tema, o jovem decidiu ingressar na universidade fazendo um curso dessa área, por meio do Prouni, mas revelou que nunca chegou a terminar a graduação; pois logo cedo já surgiu a oportunidade de abraçar a ideia de um negócio. ”Pelos conceitos que conheci no curso, ainda como estudante, e a partir de percepções que tive do mercado de comunicação e marketing, resolvi não esperar mais e abrir a minha própria empresa”, revela.

E, em 2012, o jovem Dener Lippert, na época com 17 anos e como um “simples” estagiário na área comercial de uma indústria, decidiu então dar a primeira versão da V4 Company. O negócio funcionava entre panelas e cadeiras na cozinha da casa de sua mãe e tinha o objetivo de atender às demandas de comunicação digital, social media e campanhas digitais, para pequenas empresas de moda.

SUCESSO IMINENTE

Segundo ele, diferente do intuito inicial, após um período de aceleração, a companhia mudou seu foco para desenvolver uma estratégia mais realista. “Como aprendi na própria universidade e inspirado nos conceitos difundidos por Sergio Zyman, resolvemos mudar o foco para otimizar as vendas dos clientes”, mostra.

Criaram então uma estratégia personalizada e acompanharam ativamente todo o caminho de vendas. Implementaram um processo efetivo e, de lá para cá, a V4 já desenvolveu mais de 300 projetos em sete países, por exemplo, Spotify, Wizard e W12. E, como o céu é o limite para Lippert, para aumentar o poder de atuação, principalmente regional, resolveu expandir a empresa através do mercado de franchising. “Para aumentar a capilaridade e o alcance, já contamos com mais 80 unidades de franquias espalhadas em todas as regiões do Brasil”, comemora.

Hoje, com 25 anos, o CEO e fundador da V4 Company diz que uma das habilidades mais importantes que aprendeu ao longo da sua jovem trajetória empreendedora é a consistência. Ou seja, entendeu que um dos caminhos do sucesso é sempre seguir o plano e garantir que todos da marca estejam crescendo ao mesmo tempo. “O segredo é o planejamento, e digo de longo prazo. Eu tenho planilhas com planejamentos de até 25 anos. Então quando penso em desistir olho para elas e vejo que estou no caminho, é só questão de tempo. Crescendo de pouco em pouco, mas rumo ao sucesso”, conclui.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.