ALIMENTO DIÁRIO

GOTAS DE ORVALHO PARA A ALMA

DIA 09 DE MAIO

JESUS LIBERTA À DISTÂNCIA

Então, lhe disse Jesus: Ó mulher, grande é a tua fé!

Faça-se contigo como queres. E, desde aquele momento, sua filha ficou sã (Mateus 15.28).

Jesus retirou-se para as bandas de Tiro e Sidom, fora dos limites de Israel. Uma mulher estrangeira, profundamente aflita, clamou a Jesus: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de mim! Minha filha está horrivelmente endemoninhada (v. 22). Espíritos malignos atormentavam sua filha, e o sofrimento da filha era o seu próprio sofrimento. A mulher não disse: “Senhor, tem compaixão da minha filha, mas tem compaixão de mim”. A dor de sua filha era a sua dor. O drama de sua filha era o seu drama. Diante do silêncio de Jesus ao clamor da mulher, os discípulos intervieram, rogando a Jesus que a despedisse. Jesus rompeu o silêncio, mostrando que fora enviado às ovelhas perdidas de Israel. A mulher, porém, em vez de desistir, adorou a Jesus, dizendo: Senhor, socorre-me! (v. 25). Mas Jesus respondeu: Não é bom tomar o pão dos filhos e lançá-los aos cachorrinhos. Ela, contudo, replicou: Sim, Senhor, porém os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos. Então, Jesus lhe disse: Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se contigo, como queres. E, desde aquele momento, sua filha ficou sã (v. 26-28). Essa mãe não desistiu de ver a filha liberta. Não abriu mão de ver um milagre em sua casa. Buscou Jesus, clamou, adorou e triunfou pela fé. Essa é a sua experiência?

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.