GESTÃO E CARREIRA

NEGÓCIO NA REDE

Aprenda as dicas de quem entende e faça da sua plataforma social uma ferramenta de empreender

Mesmo com pequena melhora no nível de desemprego – 11;6% no trimestre que fechou em outubro de 2019 – ainda existem 12,4 milhões de pessoas sem emprego no País, além de um crescente aumento nos trabalhos sem carteira assinada, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nessa hora, a criatividade toma conta e todas as opções passam a ser cogitadas. É o caso da professora Euzinete Vieira. Hoje ela complementa renda como tutora em aulas específicas de duas universidades, e faz bolos caseiros para vender. ”Logo eu vi que não dava só para fazer boca a boca com as vendas. Agora, estou desenvolvendo uma identidade visual para as redes sociais e pensando em cadastrar em plataformas como o iFood. Com uma foto mais bonita que coloquei no Facebook, já recebi várias encomendas. Sem isso, o negócio simplesmente não anda”, conta.

É fato que o marketing digital acabou se tornando um dos investimentos mais importantes de qualquer negócio. Mas é possível ir além e fazer da rede social o próprio negócio? É o caso dos influenciadores digitais, que conseguem engajar milhares de pessoas apenas postando sobre um produto. A questão maior é por onde começar tudo isso. “Os passos são muitos, mas é essencial criar um planejamento anual com agenda de postagens, desenvolvidas por um time que tenha envolvimento real com o tema e que seja consumidor de redes sociais. É muito fácil errar e criar um perfil que mais atrapalha do que ajuda. Às vezes, é uma boa pedir um planejamento semipronto com algum influenciador de sucesso que faça consultoria”, sugere Marimoon, que, além de ser uma das pioneiras no ramo, é apresentadora de TV e já passou por programas de sucesso como Acesso MTV.

Ela começou em 2002, com uma loja on-line para vender produtos relacionados à moda e cultura japonesa. A maneira assertiva como entendeu seu público e seu espaço rendeu uma carreira de sucesso. Hoje, além de seguir com seu trabalho nas redes, está em processo de desenvolvimento de outros novos projetos, um para a televisão e sobre saúde mental e outros para a internet falando sobre viagem e tecnologia, mostrando que estar sempre um passo à frente no quesito tendências é essencial para a área. “Na época que iniciei, por ser um assunto m1uito novo, havia muitas entrevistas sobre o tema e eu virei uma referência presente nessas matérias, sendo até capa da Folha de SP e de revistas que iam de Jovens Empreendedores a Capricho. Acabei indo bem cedo para a grande mídia e saindo da bolha da internet, que na época era um universo ainda bem restrito (é ‘tudo mato’ que fala, né?), até que a MTV me contratou e aí a coisa tomou proporções ainda maiores”, lembra.

Hoje, estar no lugar certo e na hora certa não precisa ser exatamente uma coincidência. O primeiro passo é identificar uma necessidade, um problema que você acredite que possa resolver para alguém, como em qualquer novo negócio. Uma pesquisa de campo sempre é importante, para verificar se a lacuna que você observou de fato faz sentido para um público. O grande pulo é saber se resolver essa questão pelas redes sociais faz sentido,

entendendo se o seu público de fato está ali e engaja o bastante. Sabe-se, por exemplo, que fotos bem feitas de belos pratos de comida engajam bem – o que significa que você, enquanto chef de cozinha, pode ter um bom público no Instagram. Já dicas sobre videogames são um ótimo mote para criar conteúdo no YouTube, e assim por diante. Identificar o objetivo, saber onde está o público, estudar a concorrência e criar conteúdo de qualidade são mais do que dicas, são passos essenciais para um negócio on-line.

SE DANDO BEM NA REDE

O Donuts Damari é uma amostra do que pode ser feito. A loja on-line é 100% baseada no Instagram e foi criada pelas empresárias Carolina Vascen e Mariana Pavesca em 2016, quando elas perceberam que havia um gap no mercado de donuts no Brasil. “O diferencial é um item imprescindível na criação de um novo negócio em um momento em que tudo pode ser feito pela internet, ter algo que o destaque da multidão faz toda a diferença no momento de compra para o consumidor. Além disso, é importante criar uma conexão real entre cliente e marca, onde os dois fiquem do mesmo lado e não se distanciem como se fossem duas coisas opostas”, afirmam.

Nessa fase do comércio digital, elas dizem que a conexão importa como nunca antes, as pessoas que pessoalmente preferem espaço para fazer suas compras, no on-line querem proximidade – até mesmo intimidade com a marca. “Um exemplo muito legal é quando postamos stories sobre nossa produção. Algo que para nós é tão comum deixa os clientes extremamente empolgados e engajados, é como se eles se sentissem parte da empresa, e essa é a chave do sucesso”, revela o casal.

Mesmo assim, ainda há desafios na caminhada. Marimoon atenta que o tal do “fazer sucesso” nos tempos atuais acabou ficando mais complexo – seja pela demanda de concorrência, seja pelas mudanças nas próprias plataformas. “Tem o algoritmo, que é praticamente um jogo cheio de regras que mudam o tempo todo. Saber como ele funciona é um game changer. Tem alguns nichos que, se ainda inexplorados, costumam ser uma boa aposta por render muito engajamento. Às vezes, algo dá certo por que está ligado a temas do momento, mas o uso do tema sem envolvimento real pode virar um tiro no pé, como rola com o pink money (marcas que usam a temática LGBTQ+ para faturar com esse público, mas não estão realmente engajadas na causa). O que me leva à questão da veracidade, que na minha opinião é a mais importante. O público está cada vez mais esperto e consegue sacar quem é autêntico e quem é fake. Trabalhar um tema, associar-se a alguma causa, estar atrelado a questões com significado e importância reais é um diferencial que gera o respeito do público”, completa.

No fim das contas, apesar de fatores como qualidade de imagem, identidade visual bem desenvolvida, análise de público, planejamento de conteúdo e cronograma impactarem diretamente o engajamento dessas plataformas, um conteúdo vazio de personalidade pode derrubar todos os outros tópicos na hora do relatório final. Prova disso é que os micro -influenciadores – aqueles com uma média de dez mil seguidores – conseguem gerar mais conversão de resultados para uma marca do que aqueles com números de muitos dígitos. A pesquisa Influencer Marketing 2019: Benchmark Report mostrou ainda que o Instagram segue como a rede que cresce mais rápido em 2019, além de liberar cada vez mais novas atualizações que permitem um conteúdo diversificado e interativo com diferentes públicos.

Outra plataforma para ficar de olho é o Tik Tok, que permite conteúdos em vídeo e já ultrapassou o próprio Instagram e Facebook em número de downloads.

“Acredito na força dos relacionamentos. Não se vendem mais produtos e serviços. As pessoas consomem sonhos e transformações. O empreendedor precisa conhecer seu público, e a melhor maneira é se relacionando com ele. É necessário criar laços, gerar empatia, credibilidade, e o resultado dessa relação é somente positivo”, reflete a idealizadora do Bellas & Empreendedoras, projeto social de economia colaborativa realizado no bairro da Mooca, em São Paulo, Marcella Porta.

De acordo com ela, digamos que você precise comprar um vestido para ser madrinha de casamento. Pode ir ao shopping, ir à rua de lojas especializadas ou ter uma empreendedora que mora no seu bairro e, às vezes, se encontram na padaria perto de casa, aproveitam e tomam um cafezinho. Ela conta sobre sua loja de vestidos de festas, é sempre muito alegre, gentil, vocês se divertem por alguns minutos e seguem seus caminhos. “Mas de quem você vai se lembrar de consultar sobre o vestido que precisa? Esta é a fórmula do sucesso: construir relacionamentos de verdade, integridade, troca de boas energias, conhecimento e credibilidade. A realização é a consequência. As redes sociais? São as ferramentas que lhe possibilitam tomar o ‘cafezinho’ com milhares de pessoas ao mesmo tempo”, demonstra.

SUA LOJA VAI VENDER MAIS

Engajar é bom. Vender, melhor ainda. As dicas de Marimoon incluem atentar a datas e tendências (assuntos que estão pipocando nas redes e nos grupos), ter uma identidade forte, comunicar com clareza e de modo sucinto suas novidades, fazer uso das ferramentas das plataformas (enquetes, IGTV, chats e outros), responder à clientela com muita agilidade e inteligência (veja a Netflix como um bom exemplo), fazer colaborações com perfis que tenham sintonia com o empreendimento e o público-alvo. Acredito que um dos maiores segredos é agradar o seu público oferecendo algo que seja bom e útil para ele. Por exemplo, patrocinar um projeto que seja do interesse deles, apoiar uma ONG de que eles gostem, patrocinar uma web série de um influenciador que eles acompanhem, criar um evento físico”, elucida.

O instrutor de desenvolvimento de negócios na Udemy, André Bernardo de Oliveira, lembra que é uma pessoa real que está do outro lado da rede social, com anseios, medos, desejos e emoções. “Primeiro, captamos a emoção. Depois, racionalizamos a opção de compra. Dizem que o marketing bem-feito nem parece marketing. Esse é o segredo. Entreter e gerar valor. Um tiro no pé seria querer vender antes de conquistar – falar o tempo todo apenas da sua empresa e do seu produto”, conta.

As empresárias do Donuts Damari concordam, ressaltando que número de seguidores não significa número de clientes. ”É importante ter em mente que você precisa criar uma comunidade em torno do seu negócio, onde você não somente venda seu produto, mas o que ele representa. Quem é o seu cliente ideal? O que ele gosta de fazer, como ele se veste? Crie e trabalhe em cima de uma persona para que não seja mais um na multidão de marcas, e sim conhecido pela essência dela”, explicam.

Criar uma persona não é uma dica metafórica. No seu planejamento, enxergue sua marca como um personagem e coloque as características dele. É fofo? Engraçado? Sério? Quantos anos ele tem? Se ele fosse uma mistura de personalidades conhecidas, quem seriam elas? Visualizar a sua pessoa/ marca faz total diferença.

COMO COMEÇAR

Buscar referencial? é sempre um primeiro passo importante. Além disso, se possível, tenha uma equipe para auxiliar nos planejamentos diários e relatórios de análise. Ter um conteúdo guardado para emergências também é importante, para que a rotina não tenha “buracos”. “Mas a chave de quase todo sucesso on-line é a collab. Fazer parceria com perfis que tenham a ver com o seu projeto é sempre bom por gerar awareness, prestígio, agregar valores e causar mais impacto. Muitos perfis, inclusive, estão buscando parceiros para realizar coisas em conjunto – e um investimento em algo que já está meio caminho andado e que lhe dá acesso a um público que faz sentido pode ser bem mais interessante e custar mais barato do que “contratar uma agência”, acrescenta Marimoon.

Saber para quem você quer vender é outro aspecto importante do processo. A partir daí, realizar pesquisas de público e concorrência, criando uma audiência fiel para quem você consegue gerar valor com consistência e autenticidade. Escolha a rede social que mais atende a suas necessidades, lembrando que a comunicação para cada plataforma é diferente, indo de LinkedIn a Tik Tok. Você até pode reaproveitar conteúdos em cada rede, mas é preciso lapidá-los para cada situação. “Outro passo é elaborar uma estratégia de produção de conteúdo e seguir essa estratégia, formando uma audiência. Vale também separar verba para impulsionar seus melhores conteúdos todos os meses com campanhas de ADs. Isso ajuda a dar mais tração e atingir pessoas que o orgânico ainda não alcançou”, completa Oliveira.

Como qualquer negócio, é preciso equilibrar expectativa e realidade, além de fazer funcionar com estratégia e trabalho.  “Vejo muitas marcas temerosas, comprando, por exemplo, uma foto no feed e três stories dos influenciadores ao invés de se envolver ou patrocinar um projeto legal que ele já tenha embaixo do braço, pronto para funcionar. Há muita gente na internet com projetos ótimos, mas que estão engavetados por falta de orçamento. Custam mais caro do que uma sequência pequena de postagens, mas geram impacto e engajamento bem maior. Sinto que as marcas, especialmente pelo momento econômico que vivemos, têm muito receio de investir. Mas, neste momento em que todos estão na internet, vai se sobressair quem for esperto e souber investir”, comenta Marimoon.

As tendências ficam por conta de projetos com propósitos reais e úteis para a sociedade, principalmente relacionadas à sustentabilidade – sempre respeitando a veracidade do tema para os valores da empresa e tomando cuidado com temas e palavras mal colocados. Oliveira ressalta ainda que conteúdos como podcasts e audiobooks têm ganhado bastante espaço, além das buscas por voz.

“Quando começamos a Donuts Damari, pegamos R$100 e fomos ao mercado comprar os ingredientes necessários para produzir. Esse valor retornou praticamente meio milhão ao ano. Financeiramente, comece algo que não vá levar você à falência, faça testes. Se não der certo, tenta de novo e por aí vai. Qualquer negócio que você investe muito dinheiro e não sabe nem o que está fazendo não anda para a frente. Na área comercial, o que realmente importa é você investir em algo que saiba fazer e faça com vontade”, completam as sócias da marca.

FAÇA DAR CERTO

São três os pilares que auxiliam o empreendedor:

1. AGREGAR MUITO VALOR. Não adianta só postar por postar. Tem que entender realmente o que sua empresa pode entregar de melhor para ajudar as outras pessoas de forma gratuita. Sem colocar foco na intenção de venda.

2. POSTAR PERIODICAMENTE E COM CONSISTÊNCIA. Garantir volume de conteúdo, garantir que sua audiência saiba o que esperar da sua empresa.

3. QUEBRAR O PADRÃO, POSTAR CONTEÚDO DIFERENCIADO. Tem muita distração nas redes sociais. A melhor alternativa para ser visto é fazer algo bem diferente da concorrência. Ser engraçado, inusitado, apelar para o emocional.

ANOTA AÍ

•  SEJA CLARO EM RELAÇÃO AO QUE VOCÊ VENDE. Repita nos seus posts e stories sobre seu processo de compra e como funciona a logística. Não é tão simples fazer com que todo mundo entenda tudo logo de cara.

•  TENHA CONEXÃO. Seja uma marca acessível, converse com seus clientes, compartilhe seus processos.

•  PUBLIQUE BOAS FOTOS. Se você trabalha com roupas, mostre pessoas usando, se com doce, poste coberturas e recheios – transmita a essência da sua marca. Mas lembre­ se: utilizar fotos de produtos que não são seus diminui a credibilidade e pode causar problemas legais

•  SEJA GENUÍNO E VERDADEIRO. O perfil precisa inspirar confiança.                         

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Alter Planet Action. Outras Ações Planetárias.

M3tas e M3táforas p4ra $ustentbilidad3 soci0800 @mbiental

Enjoy your life!

The story of your life

バナー工房(旅立ちから)

「旅立ちから」移転しました。

Emmanuel Silva Pinto

Sobre direito do trabalho.

The world and its inhabitants

in this site the writer is trying to writing about a big creation of this world

PrestaBlogs Updates.

The Home OfPresent And Future Music Stars

Universo de Lua

Estudos Teológicos, Matérias sobre Liderança, Gestão, Psicologia e Atualidades

PENSER TIMES

Just another WordPress site

Hope237

Hello everyone et bienvenue sur mon blog . Êtes-vous intéressée par ce qui se passe à l'autre bout du monde ? Alors abonnez-vous pour ne rien manquer de cette belle aventure humaine .🥰 Premièrement , j'ai pris l'initiative de créer ce site à caractère humanitaire afin de dénoncer et d'exposer les injustices que subissent les personnes vulnérables dans mon pays le Cameroun 🇨🇲 . L 'objectif étant de créer un jour l'association Hope237 pour soutenir les couches fragiles de la société camerounaise. Deuxièmement , j'aimerais que mes futurs lecteurs découvrent mon pays le Cameroun 🇨🇲 à travers son histoire ,sa géographie ,sa mixité de culture , sa gastronomie , ses paysages et ses lieux touristiques. Qui Sait ? peut être vous avez là votre prochaine destination touristique.😇🌍🌎🌏 ❤️ LGBTQ friendly because love is all we need in this World♥️🏳️‍🌈

What Show Is This

This site is everything about PR, Lifestyle, Entertainment & Sport.

هلوسة ذاتية

"أملك من الذكاء ما يكفي لتدمير حياتي بنفسي"

Sci-Fi Jubilee

Sci-Fi News & Reviews

Still normal.

Ups and down everyday, let us make dailyliving normal.

Spiritual healing for Love back and solve all problem

Get All Love problem Solution in just 2 days by spiritual healing specialist astrologer. Call and Whatsapp Now +91 7678205180

Anaklarah's alive words

Onde as palavras ganham vida própria!

Missionário Carlos Terremoto

um vaso nas mãos de Deus

Printer Drivers

Driver Downloads

WILLIAMS WRITINGS

A personal Blog of poetry and all things Scottish.

%d blogueiros gostam disto: