A PSIQUE E AS PSICOLOGIAS

NEM DE MARTE NEM DE VÊNUS

De acordo com um novo estudo sobre gênero, homens e mulheres não são tão diferentes quanto a mídia e alguns psicólogos nos levam a pensar. Meninas não têm a mesma capacidade matemática? Mentira. Os homens não se expressam tão bem quando o assunto é relacionamento? Também não é verdade. Problemas de auto- estima na adolescência, geralmente associados às meninas, afetam igualmente os rapazes.

Pelo menos é o que mostra uma pesquisa desenvolvida pela professora de psicologia Janet Shibley Hyde, da Universidade de Wisconsin, em Madison. Ela procedeu a uma revisão dos 46 estudos sobre gênero mais importantes dos últimos 20 anos. “Claro que há diferenças emocionais e cognitivas entre os sexos. Os homens são, de fato, mais agressivos fisicamente.” Mas para Hyde o estudo mostra que tendemos a nos concentrar mais nas diferenças do que nas similaridades e exageramos qualquer descoberta científica que aponte pequenos contrastes.

“Se aceitamos que os homens não se comunicam bem, quais são as implicações disso para o casamento? Porque uma mulher tentaria conversar com seu marido para resolverem seus problemas se ele fosse incapaz de compreendê-la? questiona. “Se temos certeza de que os meninos são melhores em matemática, ignoramos o talento matemático de muitas meninas. “Isso implica limitação das oportunidades profissionais das mulheres em áreas tecnológicas e científicas.

“Em vez de continuarmos a acreditar em psicólogos de programas de auditório, precisamos dar ouvidos a dados científicos que nos dizem quando estamos nos aferrando a falsos estereótipos”, sugere Hyde.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.