A PSIQUE E AS PSICOLOGIAS

O QUE TE MOVE?

Encontrar motivação é essencial para seguir em frente na vida e, principalmente, enfrentar as dificuldades

Há inúmeros exemplos de como a motivação pode ser determinante para o sucesso de um projeto. Muitas vezes, até mais do que o talento e a disponibilidade de recursos. Isso acontece com certa frequência no esporte: equipes modestas conseguem vencer outras que recebem grandes investimentos e reúnem inúmeros talentos individuais. “Não existe transformação sem motivação, sem esforço. Sem motivação eu não corro, eu não me movo, eu não troco as coisas de lugar. Ela é fundamental para que o sujeito se reelabore nos mais diferentes sentidos. Com motivação eu me torno um bom estudante, um bom empreendedor ou, quem sabe, um bom marido ou esposa. Sem motivação tudo fica mais difícil, as tarefas ficam mais áridas”, lembra a psicóloga Patrícia Patané.

DESCUBRA A SUA

O problema é que nem sempre se consegue identificar aquilo que realmente te move. Por isso, o primeiro passo é ter certeza da sua real motivação e depois manter o cérebro focado em suas ações. “Defino motivação separando a palavra da seguinte forma: motiva + ação. Ou seja, cada um deve encontrar o motivo interior que o moverá para determinada conquista. Essa colocação é importante porque o que motiva uma pessoa está ligado diretamente com o entendimento do porque é importante realizar determinada meta e/ou objetivo”, explica a psicóloga.

CADA UM COM A SUA

Embora possa ser estimulada coletivamente – em especial nos ambientes corporativos – a motivação é individual. O que pode ser um fator motivador para uma pessoa pode não ser ter o mesmo efeito sobre outra. Isso acontece porque quanto mais as necessidades individuais são atendidas, maior é a motivação. “Só quando nos questionamos ‘por que’ e encontramos o real motivo que nos impulsiona a buscar determinado objetivo é que temos certeza que agiremos com energia e vontade para conquistá-lo”, enfatiza Camila.

Para completar, a psicóloga lembra que tudo o que motiva a pessoa está diretamente conectado a um valor como honestidade, integridade, segurança, bem-estar, reconhecimento, conhecimento, etc., os quais também variam bastante de indivíduo a indivíduo.

DINHEIRO CONTA, MAS…

No mundo atual, a noção de satisfação está bastante associada à estabilidade econômica. O dinheiro é cada vez mais importante e muitas vezes deixa de ser um meio para as realizações e se torna um fim em si. “O problema é que vivemos em um tempo em que pensamos que só seremos felizes se tivermos todos os nossos desejos satisfeitos. Como se atrelássemos a nossa felicidade à capacidade de quantias que temos no banco”, avalia Patrícia.

“Nem sempre o dinheiro está atrelado à satisfação. Você pode ser uma pessoa abastada, com muito poder financeiro, mas sem nenhuma perspectiva de felicidade emocional ou pessoal. Satisfação é um sentimento que nutrimos por aquilo que gostamos de fazer.

O dinheiro pode ser um bom aliado se tivermos dentro de nós uma pessoa amadurecida e bem resolvida. Pois, o poder do dinheiro, muitas vezes, pode ser imaginário”, completa a profissional. Ou seja, se o dinheiro for a única motivação, são grandes as chances de o indivíduo não experimentar uma satisfação plena.

OBRIGAÇÃO OU PRAZER?

Outra armadilha da vida profissional que pode gerar insatisfação, e consequentemente, desmotivar o indivíduo é trabalhar em algo que não gosta. “É importante perceber o que significa ‘não gostar do que faz’ e quantas vezes essa sensação aparece durante um dia de trabalho. Toda função profissional possui afazeres mais prazerosos e outros nem tanto. Mas o menos prazeroso não pode se tornar um peso no seu dia a dia. Pois isso pode contribuir para o conhecido ‘deixa pra depois’, para a procrastinação. E aí não é legal! Torna-se um peso! Uma obrigação”, destaca Patrícia.

Em geral, tal situação se origina em uma escolha errada. Algo que pode acabar gerando arrependimentos e abalar a saúde emocional. Mas por que tomamos tais decisões? “Quem está preparado para todos os eventos da vida? Tudo na vida é incerto! Estamos o tempo todo sendo conduzidos por surpresas que nos exigem escolhas. Cada escolha nos exige a compreensão de que escolher algo implica em perder algo. Diante de tantas situações e necessidades diárias é inevitável que muitas de nossas decisões sejam toma­ das de maneira equivocada”, alerta Camila.

Embora difíceis de evitar, é possível adotar certos procedimentos para melhorar a mar­ gem de acerto. São ações mentais que terão reflexos positivos na hora detomar decisões. “Aprender a analisar e compreender o proces­ so de interpretação dos eventos é essencial. Diante de uma pessoa, ou de uma situação, o processo de interpretação sustenta as to­ madas de decisões: analisamos e interpreta­ mos a realidade para agir sobre a mesma e, diante disso, as experiências e memórias que trazemos sustentam nossas decisões. Com­ preender os bastidores da mente, e saber se mapear, nos auxilia a desenvolver e a acio­ nar filtros sobre as informações acessadas e sobre nossa atuação sobre as mesmas, o que minimiza os erros e potencializa nossa capa­ cidade de decisões”, finaliza Camila.

Embora difíceis de evitar, é possível adotar certos procedimentos para melhorar a margem de acerto. São ações mentais que terão reflexos positivos na hora de tomar decisões. “Aprender a analisar e compreender o processo de interpretação dos eventos é essencial. Diante de uma pessoa, ou de uma situação, o processo de interpretação sustenta as tomadas de decisões: analisamos e interpretamos a realidade para agir sobre a mesma e, diante disso, as experiências e memórias que trazemos sustentam nossas decisões. Compreender os bastidores da mente, e saber se mapear, nos auxilia a desenvolver e a acionar filtros sobre as informações acessadas e sobre nossa atuação sobre as mesmas, o que minimiza os erros e potencializa nossa capa­ cidade de decisões”, finaliza Camila.

MOTIVE-SE!

Confira algumas orientações para se manter motivado em qualquer ocasião.

1. Faça um mergulho em seu interior para conhecer melhor seus desejos e necessidades;

2. Analise quais pontos provocam maior tensão em você e trabalhe para melhorá-lo;

3. Evite as “soluções prontas” para não cair no comodismo;

4. Busque fazer algo diferente do que está acostumado, até mesmo em situações simples, como preparar o almoço;

5. Aprenda a enfrentar as dificuldades! Talvez estejam nelas as melhores oportunidades;

6. Seja persistente! Não desistir no primeiro obstáculo é fundamental para alcançar o sucesso;

7. Veja o lado positivo dos fracassos. Dessa forma, você saberá o que não fazer na próxima;

8. Procure uma fonte de inspiração! Ter algo como base pode tornar as coisas mais fáceis;

9. Crie uma lista com suas obrigações para saber o que é prioridade na sua vida;

10. Sempre que possível, faça o que gosta! Conhecer e sentir prazer pelo que está fazendo é fundamental para nos manter motivados!

11. Faça um mergulho introspectivo e avalie todas possibilidades;

12. Não caia na armadilha das soluções prontas e das respostas preconcebidas e fechadas;

13. Seja resiliente e procure ver as crises e o caos como oportunidade criativa;

14. Arme-se de coragem e percorra caminhos inexplorados;

15. Não tenha medo de pensar diferente.

CONSULTORIAS

CAMILO CURY –  psicólogo pós-graduado em análise do comportamento e diretora do grupo acadêmico Augusto Cury;

 PATRÍCIA PATANÉ – psicóloga especializada em escolha profissional.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Chihuz Eats

COOKING AND BAKING.

JaZzArt en València

Faith saved us from the savages that we were, losing faith makes us savages again

erkekler soruyor

umutlar bir vadiye mahkum ...

YOUNGREBEL

Blog about life, positivity, selfcare, food and beauty.

Big Dreams

Quotes, Stories and life tips by Author Ceco

tlcof

True love cast out fear

pflkwy

Blog sobre notícias e política com um viés de esquerda, onde os bravos nunca ousaram percorrer e que não espere deste o obsequioso silêncio dos covardes, amortecendo consciências, desarmando resistências que só no fátuo da retórica da ideia, da moral e da ética é que se venera seu oponente evitando a sedição!

When The Soul Writes

A Place For Readers

Mila Detti

"Antes y después el mundo se ha hecho pedazos y hay que nombrarlo de nuevo, dedo por dedo, labio por labio, sombra por sombra." Julio Cortazar.

Chica de Campo

Your country girl living the country life!

Infinitividades

Alguns Pedaços de Eternidade

Realismo Antimágico

Los propios dioses

Marketing

Bem vindo ao mundo dos negócios.onde você poderá transforma sua vida com alguns click,e o mais importante diretamente do aconchego do seu lar

%d blogueiros gostam disto: