ALIMENTO DIÁRIO

GOTAS DE CONSOLO PARA A ALMA

DIA 12 DE FEVEREIRO

O DRAMA DA DOR

Se eu falar, a minha dor não cessa; se me calar, qual é o meu alívio?  (Jó 16.6).

A dor é a experiência mais comum da vida. Há dor física e dor emocional. Há dor que atinge o corpo e dor que assola a alma. Um dos retratos mais dramáticos dessa amarga experiência é a família do patriarca Jó, que passou pelo terrível drama da dor. Jó era homem rico e pai exemplar. Sua vida estava certa com Deus e com os homens. Deus testificou de sua integridade, mas Satanás questionou suas motivações. Deus permite a Satanás tocar nos bens, na família e na saúde de Jó. Deus, então, constitui Jó seu advogado, e Satanás tira do servo do Senhor seus bens, seus filhos e sua saúde. Jó vai à falência. Perde seus dez filhos num único acidente e enterra todos eles no mesmo dia. Assolado por uma dor indescritível, prostra-se, adora a Deus e diz: O SENHOR o deu e o SENHOR tomou; bendito seja o nome do SENHOR! (1.21). O sofrimento de Jó não parava aí. Ele foi afligido também por uma doença terrível. Seu corpo ficou tomado por chagas. Sua pele necrosou sobre os ossos pontiagudos. Ele perdeu o apoio da mulher e ainda recebeu injustas acusações dos amigos. Nesse mar revolto de dor, Jó não blasfemou contra Deus. Ao fim, o Senhor lhe restaurou a sorte e lhe devolveu o dobro de tudo quanto possuíra. O Deus de Jó é também o seu Deus. Espere nele, e sua restauração brotará sem detença!

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.