GESTÃO E CARREIRA

EMPATIA X SIMPATIA

Eu já vi este filme: o executivo se queixa da incompetência dos funcionários, das exigências dos chefes, da eterna insatisfação dos clientes, entre outras lamúrias corporativas. Ele é, certamente, a vítima do sistema. Os outros não o compreendem e não fazem nada por ele.

Empatia X Simpatia

Quando alguém tem essa postura, pode acreditar, não tem a menor ideia do que se passa no peito de seus funcionários, de seus patrões e de seus clientes. Ele não conhece os sentimentos e as expectativas dos outros. Não conhece e não se interessa. Só as suas dores e vontades valem, por isso ele é o eterno injustiçado – aspirante a bem-sucedido-executivo-frustrado.

Nessa hora, sabe o que resolve? Uma boa dose de empatia. Que é bem diferente de simpatia. As duas palavras vêm do grego e têm a mesma raiz: pathos, que, em sua origem, significa doença ou padecimento – mas que também tem o significado de paixão ou emoção forte. Simpatia, entretanto, usa o prefixo sim, que significa junto, ao lado de. O prefixo de empatia é eu, que remete ao interior, estar dentro de, junto de verdade. O simpático está ao seu lado; o empático está com você. O simpático olha para você; o empático o toca, mesmo que não use as mãos. O simpático é agradável; o empático é necessário.

Se alguém mostra simpatia quando você está com um grande problema, está sendo educado, solidário, compreensivo. Mas quem é empático mostra solidariedade real, disposição genuína em colaborar. O simpático tenta demonstrar seu ponto de vista. O empático quer ouvir, abrir espaço para que você desenvolva sua própria compreensão. Se você conta, em uma mesa de bar, que seu casamento acabou, o simpático vai dizer para você não ficar triste. O empático vai entender que isso não é possível, e vai oferecer a você um olhar de cumplicidade. Se precisar desabafar, prefira o empático.

Nas relações profissionais, a empatia está longe de ser um sentimento do mesmo grupo da compaixão e da solidariedade. Está mais para a turma da sociabilidade e do compromisso com o resultado. Praticar empatia ajuda o médico a tratar melhor seu paciente, o vendedor a atender o cliente com mais propriedade, o líder a comandar sua equipe com mais eficiência. Definitivamente, a empatia colabora mais com o sujeito do que com o objeto. É, portanto, um atributo da inteligência emocional que tem imenso impacto na liderança, nos negócios e nas carreiras. Vale a reflexão.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

M.A

Interviews, reviews, marketing for writers and artists across the globe

Gaveta de notas

Guardando idéias, pensamentos e opiniões...

Isabela Lima Escreve.

Reflexões sobre psicoterapia e sobre a vida!

Roopkathaa

high on stories

Luna en mengua

Poesía, arte, literatura y música.

de tudo um pouco ❗❕❗😉👌

de tudo um pouco 😉👌

Painel do Grupo

Aqui um pouquinho de nossas realizações

Buds of Wisdom

Fall in Love with Grammar !

pretapoesia

Escreviver é isso: viver, escrever, viver novamente. Writing is just like this: live, write, live again.

danielecolleoni

Appunti, spunti e passioni in liberta'

Ode to Beauty

Discovering the World of Fine Art Nude Photography

白川君の独り言β

no sweat no victory

URBN Social

The Social Experience

RENOVADAS

Autoestima para mais de 50

Olivia2010kroth's Blog

Viva la Revolución Bolivariana

%d blogueiros gostam disto: