ALIMENTO DIÁRIO

PROVÉRBIOS 20: 25-28

Alimento diário

MÁXIMAS DIVERSAS

 

V. 25 – Duas coisas, pelas quais Deus é grandemente ofendido, são aqui descritas como laços para os homens, envolvendo-os não somente em culpa, mas em dificuldades e destruição, no final:

1. O sacrilégio, a separação, por parte do homem, de coisas santas, e a sua conversão para seu próprio uso, o que é aqui, descrito como devorá-las. O que é dedicado de alguma maneira ao serviço e à honra ele Deus, para o sustento da religião e ela adoração divina ou para o alívio dos pobres, deve ser conscienciosamente preservado para os propósitos aos quais foi designado; e aquele que, diretamente ou indiretamente, se apropria ilegalmente de tais coisas, ou anula o propósito para o qual se destinavam, terá muito a explicar. Roubará o homem a Deus? Nos dízimos e nas ofertas alçadas? (Malaquias 3.8). Os que passam por cima dos deveres religiosos (a sua pregação e oração) e os realizam apressadamente e sem cuidado, como impacientes para que logo sejam concluídos, podem ser descritos como devorando o que é sagrado.

2. A ruptura do concerto. É um laço para o homem, depois ele ter feito votos a Deus, indagar como poderá escapar deles, ou ser dispensado deles, e inventar desculpas para infringi-los. Se o seu assunto era duvidoso, e as expressões ambíguas, era culpa dele: ele deveria tê-los feito com mais cautela e consideração, pois isto envolverá a sua consciência (se ela for sensível) em grandes perplexidades, se ele tiver que investigar a respeito de tais fatos, posteriormente (Eclesiastes 5.6); pois, depois que abrimos a nossa boca para o Senhor , é tarde demais para pensar em recuar (Atos 5.4).

 

V. 26 – Veja aqui:

1. Qual é a função dos magistrados. Eles devem ser um terror para os malfeitores. Eles devem dissipar os ímpios, que se aliam, para auxiliar e encorajar; uns aos outros, nas obras do mal: e não há como fazer isto, se não trazendo castigos sobre eles, isto é, colocando as leis em execução contra eles, esmagando o seu poder e reprimindo os seus projetos. A severidade deve, às vezes. ser usada para livrar a nação daqueles que são abertamente malévolos e pecadores, pervertidos e corruptores.

2. Qual é a qualificação necessária dos magistrados para que possam fazer isto. Eles precisam ser piedosos e prudentes, pois é o rei sábio, que é religioso e também criterioso, que irá conseguir a supressão do mal e a reforma dos costumes.

 

V. 27 – Temos aqui a dignidade da alma, a magnífica alma do homem, aquela luz que ilumina todos os homens.

1. É uma luz divina; é a lâmpada do Senhor, uma lâmpada da sua luz, pois é a inspiração do Todo-Poderoso que nos dá entendimento. Ele forma o espírito do homem dentro dele. É segundo a imagem de Deus que o homem se renova para o conhecimento. A consciência, esta nobre faculdade, é a representante de Deus na alma: é uma lâmpada dos espíritos é, portanto, chamado de Pai das luzes.

2. É uma luz reveladora. Com a ajuda da razão, nós podemos conhecer os homens, avaliar seu caráter e mergulhar em seus desígnios, e com a ajuda da consciência, podemos conhecer a nós mesmos. O espírito de um homem tem uma autoconsciência (l Coríntios 2.11); ela investiga as disposições e sentimentos da alma, louva o que é bom, condena o que não é, e julga os pensamentos e as intenções do coração. Esta é a função, este é o poder da consciência, devemos, portanto. nos preocupar com que seja informada corretamente, e mantida sem profanação.

 

V.  28 – Aqui temos :

1. As virtudes de um bom rei são a benignidade e a verdade, particularmente a benignidade, pois é mencionada duas vezes aqui. Ele deve ser estritamente fiel à sua palavra, deve ser sincero e abominar toda e qualquer dissimulação, deve desempenhar religiosamente todas as atribuições que lhe foram confiadas, deve sustentar e encorajar a verdade. De igual maneira, deve governar com clemência, e por todos os atos de compaixão, conquistar o afeto do seu povo. A benignidade e a verdade são as glórias do trono de Deus, e os reis são chamados de deuses.

2. Os benefícios que ele obtém com elas. Estas virtudes preservarão a sua pessoa e sustentarão o seu governo, e o tornarão tranquilo e seguro, amado pelo seu próprio povo e temido por seus inimigos, se vier a ter algum.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Blog O Cristão Pentecostal

"Tão certo como eu vivo, diz o Senhor Deus, não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho e viva. Convertam-se! Convertam-se dos seus maus caminhos!" Ezequiel 33:11b

Agayana

Tek ve Yek

Envision Eden

When We Improve Ourselves, We Improve The World

4000 Wu Otto

Drink the fuel!

Ms. C. Loves

If music be the food of love, play on✨

troca de óleo automotivo do mané

Venda e prestação de serviço automotivo

darkblack78

Siyah neden gökkuşağında olmak istesin ki gece tamamıyla ona aittken 💫

Babysitting all right

Serviço babysitting todos os dias, também serviços com outras componentes educacionais complementares em diversas disciplinas.

M.A aka Hellion's BookNook

Interviews, reviews, marketing for writers and artists across the globe

Gaveta de notas

Guardando idéias, pensamentos e opiniões...

Isabela Lima Escreve.

Reflexões sobre psicoterapia e sobre a vida!

Roopkathaa

high on stories

La otra luna de Picasso

El arte es la esencia de la espiritualidad humana.

%d blogueiros gostam disto: