ALIMENTO DIÁRIO

PROVÉRBIOS 7: 24-27

Pensando biblicamente

A Sedução de um jovem

 

Aqui temos a aplicação da estória anterior: “Dai-me ouvidos”, e não a tais sedutores (v. 24): dai ouvidos a um pai, e não a um inimigo.

1. Recebe o conselho que te é dado. “Não se desvie para os seus caminhos o teu coração” (v. 25); nunca deixes os caminhos da virtude, ainda que sejam estreitos e retos, solitários e íngremes, para tomar o caminho da adúltera, ainda que verde, e amplo, e coroado com uma companhia aparentemente agradável. Não somente deves afastar os teus pés destes caminhos, mas não deves também permitir que o teu coração se incline para eles; nunca alimentes uma disposição por este caminho, nem penses de outra maneira sobre estas práticas, senão com abominação. Que a razão, e a consciência, e o temor a Deus que governam o coração, controlem as tendências do apetite sensual. Se seguires por esses caminhos, por qualquer dos caminhos que conduzem a este pecado, estarás te desviando do caminho reto, do caminho seguro; por isto, toma cuidado, não te desvies, para que não tenhas que perambular eternamente.

2. Recebe o aviso, quando te é dado.

(1) Olha para trás, e vê que corrupção este pecado provocou. A adúltera foi a destruição, não somente de uma pessoa aqui e outra ali, mas “a muitos feridos derribou”. Milhares foram destruídos, agora e para sempre, por este pecado; e não foram somente os jovens fracos e simples, como este de que Salomão acabava de falar, mas muitos homens fortes foram mortos por ela (v. 26). Aqui, talvez, ele se refira especialmente a Sansão, que foi morto por este pecado, e talvez também a Davi, que, por este pecado, vinculou uma espada à sua casa, embora o Senhor a levasse para tão longe que ele mesmo não morreu. Estes eram homens, não somente de grande força física, mas de eminente sabedoria e coragem, porém seus desejos carnais prevaleceram sobre eles. Gemei, faias, porque os cedros caíram. “Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe que não caia”.

(2) Olha à frente com os olhos da fé, e vê o que está no fim (v. 27). A sua casa, ainda que ricamente adornada e mobiliada, e chamada de uma casa de prazer, é o caminho para o inferno; e os seus quartos são a escadaria que desce até as câmaras da morte, e à escravidão eterna. O cálice da prostituição deve ser rapidamente substituído pelo cálice do tremor; e as chamas da luxúria, se não forem apagadas pelo arrependimento e pela mortificação, arderão até o inferno mais inferior. Por isto, “Perturbai­ vos e não pequeis”.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.