GESTÃO E CARREIRA

O QUE A REDE DIZ SOBRE SUA MARCA

Ferramentas que ajudam a cruzar informações são importantes e tornam-se decisivas para quem busca sucesso nas redes sociais.

O que a rede diz sobre sua marca

O Facebook é uma rede social que conta com bilhões de usuários em todo o mundo. Uma população virtual de consumidores de conteúdo, interação e marcas. Muita gente ainda pensa que administrar uma fanpage dentro desta rede requer apenas boa vontade e se esquece da técnica, da estratégia e do investimento correto. Mas é preciso extrair mais e mais da rede social, podendo render lucro para sua empresa ou, ao menos, deixá-la “bem na foto” do mundo virtual.

De nada adianta ter uma fanpage bonita e atualizada se você não souber se ela está trazendo retorno. É preciso analisar dados e, a partir de então, planejar o que vem pela frente. O próprio Facebook dá um empurrãozinho nisso por meio da ferramenta Insights. Por meio dela, a pessoa responsável pelo conteúdo na rede pode saber quem é o público que mais interage com os posts, qual o melhor horário para postar, qual publicação teve maior número de engajamento e também aquela que não trouxe nenhuma interação. “É a partir dessas informações que a linha editorial e a estratégia de conteúdo são montadas”, afirma a especialista de Redes Sociais, Talita Bazetto.

Além disso, o Facebook Insights permite analisar, por exemplo, dados como a idade dos fãs e seus hábitos de consumo. É uma forma de permitir que a marca seja mais competitiva. O professor da Pós-Graduação em Marketing Digital do Centro Universitário Newton Paiva, de Belo Horizonte/MG, Edson Alves, exemplifica dizendo que uma marca que quer falar com um público jovem, em idade pré-vestibular, erra quando as postagens e geração de conteúdos estejam atraindo homens com mais de 34 anos. “Em casos como esse, o Insights, com sua coleta de dados, mostrará que algo está errado, e deve-se rever a linha editorial da página para se adaptar ao target efetivo”, reforça o especialista.

Mais do que analisar dados, é preciso que eles façam parte de um planejamento amplo. O fundador e CEO da agência digital A2C, Anderson de Andrade, gosta de dizer que “não há formula, e sim muito estudo”. E ele está completo de razão, afinal, administrar Facebook requer planejamento, muito planejamento. “No planejamento estratégico a equipe de mídia deve fazer estudos e entender a necessidade do cliente e com quem ele se comunicará. Esse será o principal público”, explica.

Diante desses estudos, você começa perceber que em alguns horários suas publicações atraem melhores resultados. Receita que vale para todos? Jamais. Tudo vai depender do público que deseja atingir. Mais uma vez, entra em cena o tal do planejamento. “Deve-se fazer um exame do público-alvo das postagens, da ligação deste com a marca e uma avaliação sistemática do funcionamento dos posts pelos horários de maior engajamento. Não é ciência exata”, comenta Edson Alves.

Tudo depende dos objetivos da marca, ou seja, para certas empresas o importante serão os likes, para algumas, os compartilhamentos, e para outras, o diálogo, seja via inbox ou nos comentários da página. Em um caso específico existe uma regra para o horário, é o que garante Talita Bazetto: ”A única exceção é para posts de datas comemorativas. Esses devem ser publicados sempre na parte da manhã”.

DETALHES IMPORTAM

No portal Dona da Cama – e-commerce de pijamas – a gestão das redes sociais da marca é feita na base dos detalhes. Toda a estratégia é pensada para que as conversões de vendas aconteçam, por isso, as postagens precisam ter a comunicação adequada para conquistar o consumidor. A marca divide as publicações em duas frentes: as institucionais e as promocionais. “Para assegurar conteúdo de qualidade, é importante abordar assuntos do universo do público-alvo, ficar sempre atento às fontes seguras e às regras de cada rede social”, diz a diretora do Dona da Cama, Gabriela Neves.

A executiva cobra da equipe que o caminho oferecido para realizar a compra esteja em perfeito funcionamento, desde o Facebook até a loja virtual. Para esse tipo de post o Facebook oferece inúmeras ferramentas, todas com regras e formas corretas de se utilizar.

Pontos bem definidos que ajudam nos resultados positivos. As publicações são diárias, e o comportamento dos consumidores da marca fez com que as publicações passassem a ser realizadas na parte da tarde, já que a análise dos dados mostrou que as vendas acontecem com mais intensidade depois das 18h. “O que buscamos com maior veemência é a unidade da comunicação e a escolha dos assuntos abordados. É muito importante transmitir sempre o conceito da marca, que, no caso da Dona da Cama, consideramos um grande diferencial”, conta Gabriela.

MAIS ATENÇÃO

Mas nem todas as empresas dão à fanpage do Facebook a devida atenção que ela merece. Pode parecer loucura de imaginar, mas algumas marcas deixam a página às moscas, sem novas publicações ao longo de diversas semanas. Essa é apenas uma das mancadas que persistem em acontecer. E tem mais. ‘Tem empresa que mantém um perfil – de amigo – ao invés de uma fanpage. Isso ainda acontece muito. Outro erro é o spam de propaganda, que espanta o usuário e prejudica a fanpage, aparecendo cada vez menos para esse usuário”, destaca o CEO da Agência ISSO É.com, Alex Villaverde.

Na lista dos deslizes entra também o excesso de “amor próprio” nutrido pela marca. Postagens que falam somente da empresa e dos produtos ou serviços oferecidos. Uma chatice repetitiva e desinteressante que afasta os fãs.

Talita Bazetto lembra também que não respeitar a opinião do usuário é um erro inaceitável, podendo gerar uma crise. “As redes sociais estão aí para aproximar empresa e cliente. Se existe uma opinião ou uma reclamação, a empresa precisa respeitar e se posicionar. Ignorar ou apagar uma mensagem pode gerar grandes problemas nas redes sociais”, ressalta Talita. Por isso, quem fala quer ser ouvido. Dê a devida atenção aos seus seguidores e fãs.

AS MELHORES PUBLICAÇÕES

Já que os especialistas ouvidos apontaram o que não pode ser feito, agora chegou a hora de dizer o que deve ser praticado. Mais uma vez, não há uma receita. É preciso saber usar a estratégia do trio: planejar ação, executar a postagem e analisar os resultados. Várias coisas podem ser testadas, como o tamanho das postagens (textos) e o tipo de postagem: perguntas, quizzes, vídeos, links, usar ou não imagens… O importante é dividir as postagens por tipo e medi-las de maneira eficiente! Nunca se esqueça de incentivar a interação.

Anderson de Andrade da A2C destaca que antes o Facebook dava mais resultados com o uso de imagens, mas a moda agora são os pequenos vídeos, chamados de Cinemagraphs. “Cabe lembrar que sempre é necessário ter um plano de mídia para que o conteúdo funcione da melhor maneira possível”, complementa.

Percebeu que gerir uma rede social não é tarefa fácil? É possível extrair, e muito, dela, mas para isso saiba que é preciso ter alguém capacitado à frente de sua fanpage. Não qualquer “alguém”, e sim o especialista que saiba transformar o resultado em retorno direto ou indireto para sua marca. “Crie um canal com conteúdo relevante que estreite esse relacionamento. É a partir daí que o retorno esperado pode chegar, pois quando as pessoas se sentem conectadas com uma empresa, têm mais propensão a optar pelo seu produto ou serviço”, orienta Talita Bazetto.

Não saia fazendo de qualquer maneira sua gestão em redes sociais. Tenha suas prerrogativas e seus objetivos bem delineados. Defina os investimentos em tempo, dinheiro e pessoal de maneira clara. ”Através do planejamento são definidos fatores como o objetivo da marca, forma de atuação, tipo de abordagem, estratégias a ser utilizadas e posicionamento em situações de risco como reclamações”, finaliza Edson Alves, do Centro Universitário Newton Paiva.

 

 COMO BOMBAR SUA FANPAGE

OS TEXTOS DEVEM SER SUCINTOS

As pessoas não querem ler textos longos, pois são cansativos. Prefira textos curtos, do tipo “direto ao ponto”. Se precisar publicar algo maior, faça um link e direcione para seu site ou blog.

USE IMAGENS

O Facebook, especialmente na América do Sul, é extremamente imagético.

Selecione imagens legais ligadas ao assunto exposto e publique-as conjuntamente. Não se esqueça de adaptar as imagens ao padrão de formato do Facebook.

USE LINKS ENCURTADOS

Quando precisar usar o redirecionamento para algum link, faça a sua redução. A ideia é não ter links enormes, ocupando uma importante fatia do texto. Há várias ferramentas gratuitas para esse fim.

USE VÍDEOS COM MODERAÇÃO

O uso de vídeos é muito bem-vindo e atrai a atenção de muita gente, mas lembre-se: os vídeos devem ter boa qualidade, devem ter fonte quando você os republicar e devem estar alinhados com os objetivos de planejamento da marca.

VARIE OS POSTS

Lembre-se de não falar apenas do seu produto ou serviço. Coloque outros assuntos interessantes, ligados de alguma forma ao negócio. Uma academia de musculação pode, por exemplo, falar sobre “dicas nutricionais” ou “sobre uma maquiagem legal para a balada”. Use e abuse da criatividade na hora de formatar essa Linha Editorial.

 Fonte: EDSON ALVES, do Centro Universitário Newton Paiva.

 

NÃO COMETA ESTES ERROS

  • Não definir um conceito.
  • Não ter uma linha editorial e visual única para que os usuários possam se identificar com a marca.
  • Não falar o mesmo “idioma” dos usuários.
  • Pensar apenas no Facebook, e não em todos os canais da marca. Fazer conteúdo cruzado é de extrema importância para que a marca se consolide no ecossistema digital como um todo.
  • Não monitorar. É o monitoramento que vai mostrar se a sua estratégia está indo para o caminho certo ou para o errado. Quanto mais alinhado estiver com sua equipe mais rápida será a tomada de decisões importantes para a sua marca.

Fonte: ANDERSON DE ANDRADE, Da A2C.

Anúncios

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s