GESTÃO E CARREIRA

DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL, UMA VIA DE MÃO DUPLA

Desenvolvimento profissional - uma via de mão dupla

Empresas são competitivas porque investem no seu capital intelectual para estimular a criatividade, inovação e produtividade. E talentos de alta performance assim atuam porque estão em constante movimento para atualizar, expandir e aprofundar seu conhecimento. Recorrentemente, essa compreensão tem se mostrado crucial, tanto nos momentos de economia forte como nos de ventos fracos. E isso vale para ambos, empresas e profissionais, também de RH.

Há 17anos na arca, Efigênia Pinheiro Neves tem belos desafios como gestora de RH da lncotec América do Sul Tecnologia em Sementes: suportar o desenvolvimento estratégico do negócio por meio de equipes globais, manter as pessoas engajadas em um ano ainda de incertezas políticas e econômicas e criar uma cultura de inovação que mantenha os valores da organização e integre as diferentes áreas de negócio são os principais. Neste ano, por demanda da empresa, ela ingressou no curso de certificação profissional oferecido pela ABRH-Brasil e pela entidade norte­ americana Society for Human Resource Management (SHRM).

Efigênia conta que, na elaboração de seu plano de desenvolvimento individual (PDI), manifestou a intenção de obter a certificação. No final do processo, junto com o seu diretor, foram analisados os desafios da empresa para os próximos anos e chegou-se ao entendimento de que uma organização que atua com equipes globais precisa estar alinhada às melhores práticas de mercado. “A partir dessa premissa, concluímos que ter um profissional certificado traria uma série de benefícios internos, como maior credibilidade e consistência nos processos, aumento do nível de confiança das equipes quanto às práticas e iniciativas do RH e melhoria contínua do alinhamento entre pares mundiais, uma vez que a certificação é reconhecida internacionalmente”, assinala.

Ela completa: “No passado, trabalhava-se com a crença de que somente as empresas buscavam os melhores profissionais; hoje, os melhores profissionais escolhem as melhores empresas, aquelas que, de fato, contribuem para o desenvolvimento humano integral”.

PRESENCIAL OU A DISTÂNCIA

Além de contribuir com o desempenho e a competitividade da companhia, ela diz que, com seu empenho para obter a certificação, ganhará um diferencial na carreira, mas o principal objetivo é fortalecer a autonomia da organização e de seus profissionais, estimulando o desenvolvimento integrado e concreto. O fato de estar baseada em Holambra (SP) não é impeditivo para participar do curso. Efigênia assiste às aulas ao vivo pela internet e conta com uma mediadora na sala de aula para fazer as intervenções que achar necessárias. “As aulas nos dão um direcionamento a respeito dos tópicos mais importantes e ajudam a construir uma estratégia de estudo mais consistente para obter a certificação. Temos comprovado nas aulas a qualidade e expertise dos profissionais que nos apoiam durante o processo”, elogia, complementando que o grande diferencial para os RHs que pretendem ter certificação é o fato de esta ser uma realização da ABRH com a SHRM, “duas referências na área de recursos humanos.

Trazidos para o Brasil em 201S por meio de uma parceria entre a ABRH – Brasil e a SHRM, o curso e a prova abrangem duas certificações: SHRM­SCP e SHRM-CP, destinadas, a profissionais de alta e média gerência, respectivamente. As aulas são ministradas por Marcela Castro, instrutora brasileira certificada pela SHRM Leaming Systern, em português e, também, por profissionais de destaque na área de RH do Brasil. No decorrer do curso, os participantes podem fazer simulados para medir o seu grau de conhecimento e preparo para a prova.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.