GESTÃO E CARREIRA

CELEBRAR É IMPORTANTE

Celebrar é importante

Deixando um pouco de lado as tradicionais festas comemorativas de final de ano, não parece estranho que tenhamos vergonha de celebrar nossas vitórias e nossas conquistas? Muitos brasileiros ainda pensam que comemorar e celebrar as conquistas os tornam pessoas arrogantes ou que ”dá azar”. Considero importante compreender que a festa mesmo, pra valer, acontece no dia a dia, sem data especial no calendário, quando há os verdadeiros motivos para celebrar.

O ciclo da vida das empresas passa por uma infinidade de realizações, como superação de metas, a criação de produtos, a descoberta de novos mercados, a conquista de novos clientes, a conclusão de um projeto e uma gama de conquistas que merecem ser celebradas!

Então, por que será que é muito mais fácil criticar o que deu errado do que celebrar as vitórias? Quando o ambiente está sob controle, e tudo dando certo, costuma-se dizer “não é nada mais do que obrigação dos colaboradores. Mas se algo não saiu como deveria, apontam-se os culpados e os crucificam. É preciso, sim, celebrar e compartilhar todas as alegrias e realizações, não só entre as equipes, mas pelo reconhecimento da importância que cada um representa para a organização, apoiando, estimulando e premiando a colaboração em cada etapa superada, não apenas através dos benefícios formais, como também com uma palavra de incentivo, um abraço, um aperto de mão, olho no olho. São pequenos gestos na sua essência, mas grandiosos no resultado que eles podem proporcionar.

Celebrar é compartilhar alegrias e vitórias a cada ciclo na empresa. Não precisa ser grandes alegrias e vitórias – até porque estas não têm tamanho, peso nem altura. Ou são ou não são. Se são, devem ser celebradas.

Você celebra quando manifesta claramente que reconhece a importância ou a qualidade de um colega. Talvez poucas formas de celebração sejam tão poderosas e gratificantes quanto o reconhecimento por um trabalho bem feito, uma ação meritória ou uma atitude digna.

Mais que importante, a celebração é vital para o processo. Serve para confirmar o valor de cada passo concluído. Trata-se, portanto, de valorizar a viagem, e não apenas a chegada ao porto onde se deseja ancorar.

Um elogio, um abraço, um gesto carinhoso ou fraternal, um e-mail de agradecimento, um presente, um alegre telefonema inesperado. Esses exemplos de celebração que mostram uma particularidade que deveria entusiasmar as empresas a estimula-la entre seus colaboradores; pode ser feita a custo praticamente zero.

Já está provado que a produtividade e a criatividade são diretamente proporcionais à alegria das pessoas no trabalho e, portanto, as empresas saudáveis devem incluir em suas metas as celebrações, comemorações, exaltações ou qualquer outra palavra que venha representar esse gesto tão valioso.

Por falar nisso, você já celebrou algo importante hoje?

 

DANIELA DO LAGO – é especialista em comportamento no trabalho, mestre em administração de liderança e gestão de pessoas. Instagram: @danieladolago/Facebook: treinamentosdanieladolago/ http://www.danieladolago.com.br

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.