OUTROS OLHARES

FALSAS ACUSAÇÕES DE PEDOFILIA

Como peças de um quebra-cabeça, é preciso encaixar os fatos para obter a imagem da verdade.

Falsas acusações de pedofilia

Falsas acusações de pedofilia costumam ocorrer nos processos de separação litigiosa e guarda de menor. O caminho percorrido apresenta características muito similares: um dos cônjuges, ao receber o filho após a visitação, ao perceber a criança nervosa, irrequieta e com vermelhidão nas partes íntima, começa a suspeitar de que algo aconteceu. Assim, inicia-se o interrogatório do menor, com questões malfeitas e tendenciosas, carregadas de sentimentos de rancor nutridos pelo ex-cônjuge.

Se a criança, na sua inocência, por medo, egoísmo, ciúmes etc., assentir com a cabeça à pergunta “o papai (ou a mamãe) tocou em você?”, já é o suficiente para nascer a “certeza de que houve abuso”. A seguir, o cônjuge conta o caso ou pede ajuda a uma amiga, avó, avô, que voltam a interrogar a criança, a qual, introjetando a seu modo as circunstâncias, “confirma o abuso” e tudo acaba na polícia, que novamente interroga o menor.

Todos esses envolvidos se convencem da desgraça e procuram a colaboração de psiquiatras e psicólogos para lhes fornecerem relatórios. Esses profissionais, normalmente sem preparo para esse tipo de caso, voltam a interrogar a criança e aplicam “testes”, como se fossem o “abre-te sésamo” da mente infantil. Agravando a situação, concluem que “de fato houve abuso”. E o “abusador” não somente perde o direito à visitação como também vai para a cadeia. Porém, é possível resolver a questão de forma eficiente. Primeiro, nunca se deve examinar a criança, pois dela jamais sairá a verdade, considerando que já prestou inúmeros depoimentos e foi “remexida” psiquicamente por questionamentos múltiplos.  Tudo o que disser é ineficaz e improdutivo para a resolução do caso, pois não existe técnica ou teste capaz de indicar o que realmente aconteceu.

O correto é examinar o acusado, pois se de fato aconteceu o abuso, o examinador irá se deparar com um pedófilo, lembrando que pedofilia não é entidade clínica autônoma, mas sintoma de algo. Em outras palavras e por analogia: dor de cabeça existe em gripe, ressaca, traumatismo de crânio etc., tal qual pedofilia se observa em condutopatas, alcoolistas, maníacos, toxicômanos etc. Ou seja, para ser pedófilo é preciso ter um diagnóstico de base que o suporte, do contrário não pode haver pedofilia, assim como a dor de cabeça, que sempre é sintoma de algo.

Além do exame direto e minudente do acusado, existem muitas outras linhas confluentes que o perito deve observar, por exemplo, examinar o genitor que acusa e perguntar quais aberrações sexuais o “abusador”, durante o tempo de união do casal, pedia para fazer, não esquecendo que pedófilos são anormais da vontade e se for caso de pedofilia aparecerão outras anormalidades do instinto genésico. Citem-se ainda algumas variáveis de análise: o acusado tem passado criminal, psiquiátrico ou má reputação? Sofre outras acusações de pedofilia (nenhum pedófilo é fiel a uma só vítima, pois é vício de vontade, por isso que em caso positivo sempre aparecem outras acusações)? Além da acusação do menor existe pelo menos um fato concreto que suporte a denúncia ou um feixe de indícios de que houve abuso? Tudo é originado tão somente da acusação do menor e do cônjuge que reproduz a sua fala?

Dessa forma é possível obter resultados bem menos desastrosos para o processo e para a criança.

 

GUIDO ARTURO PALOMBA – é psiquiatra forense e membro emérito da Academia de Medicina de São Paulo.

Autor: Vocacionados

Sou evangélico, casado, presbítero, professor, palestrante, tenho 4 filhos sendo 02 homens (Rafael e Rodrigo) e 2 mulheres (Jéssica e Emanuelle), sou um profundo estudioso das escrituras e de tudo o que se relacione ao Criador.

bencesizeuyarmi

'' Nature constantly imitates art .''

Tantra Mantra Specialist Astrologer solve your love problems

Tantra Mantra Specialist Astrologer Provide Love back, marriage solution, ex back and other all type of astrology Services

Güz Mavisi

Mesele Biraz Okumak

Monica e lo Scrapbooking

Trovate tutorial e suggerimenti per creare con le vostre mani. Tutto sullo Scrapbooking.

The Paltry Sum

Detroit Richards

VEYSEL ISSI

OKUYUNUZ

Printer Driver App

Download Printer Drivers & Software

ATFK

𝖠𝗇𝗈𝗍𝗁𝖾𝗋 𝖶𝗈𝗋𝖽𝖯𝗋𝖾𝗌𝗌.𝖼𝗈𝗆 𝗌𝗂𝗍𝖾.

Tauty World

Blog Blogging Story Magazine eBook Podcast

Alcançando Metas👉31984915576

Dinheiro ,vendas ,leis universais

Tiny Life

mostly photos

Onde Q tem?

Qual serviço ou produto está procurando?

Speranze Letterarie

Lettura racconti gratis - Free reading of novels

blog viaungarettidue

18-3-2022 ( testi e fotografie dell'autore)

ピロキャンナビ

知りたい事は、何ですか?

%d blogueiros gostam disto: